Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Hover Effects

TRUE
{fbt_classic_header}

Header Ad


Últimas Notícias:

latest

Ads Place

O lado obscuro do Big Brother que ninguém consegue enxergar

O programa que não sai das timelines das redes sociais "esconde'' algo que está escancarado, que é "obscuro'' mas ...


O programa que não sai das timelines das redes sociais "esconde'' algo que está escancarado, que é "obscuro'' mas está à luz para quem possui discernimento e uma consciência lúcida.

O que você vê? Pessoas perfeitas? Ou o que há de pior nos seres humanos? Seres humanos normais ou pessoas fora dos parâmetros da normalidade? Bom, essas são perguntas difíceis de responder, pois cada pessoa tem sua concepção acerca das coisas. No entanto, podemos traçar uma régua e analisar a fundo coisas que não agradam àqueles que possuem compaixão pelo próximo - o que não é o caso de alguns ali.

Analisando os últimos eventos, que são um misto de ódio com depreciação de imagem; falta de domínio próprio e boa conduta, podemos ver claramente que o ser humano está a cada dia indo de mal a pior, e como se isso já não bastasse, a televisão expõe isso em rede nacional, para que seus telespectadores vibrem de emoção enquanto pessoas se digladiam em frente às câmeras - são pessoas que precisam de oração.

Aqueles que estão dentro do confinamento são os réus, a plateia que vibra com as "tretas'' - com as desavenças e humilhações mútuas - são os juízes, que ensandecidos pela falsa justiça vibram e emitem palavras de julgamentos, como se nunca fizessem nada de errado. 

Qual a diferença das pessoas que estão lá dentro, para as pessoas que estão aqui fora? Respondo: Nenhuma. Ambos possuem defeitos, só que alguns estão expostos enquanto que outros estão ocultos.

Melhor é ler a Bíblia ou até mesmo um livro do que assistir um programa tóxico onde pessoas se expõem por dinheiro; é o "vale tudo'' da convivência humana.

Para concluir, digo que é melhor não assistir um programa com esse tipo de conteúdo, pois é apenas uma vitrine de exposição de pecados alheios feito por uma emissora de TV que lucra muito com a "desgraça'' alheia.