Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Hover Effects

TRUE
{fbt_classic_header}

Header Ad


Últimas Notícias:

latest

Ads Place

Ameaça à saúde se espalha silenciosamente no mundo

Quando esperamos que nos livraremos em breve do covid-19, vem mais doenças para tentar tirar nossa paz. Quando esperamos que estamos nos liv...



Quando esperamos que nos livraremos em breve do covid-19, vem mais doenças para tentar tirar nossa paz.

Quando esperamos que estamos nos livrando de uma pandemia, no cenário mundial surge outra maligna, que poderá assolar toda a humanidade.

Tal doença está ganhando espaço lentamente em meio a sociedade, ela é um inimigo silencioso, que vem devagar causando sérios danos à saúde humana. Às bactérias resistentes a antibióticos adentram no corpo humano lentamente e ficam de modo constante, o que é muito perigoso.

Quase três milhões de pessoas contraem essas bactérias ao ano, e dentre essas 3 milhões, 35 mil pessoas morrem vítimas dessas bactérias que são resistentes aos antibióticos. Por isso a importância de não sair tomando antibióticos por qualquer motivo.

Às informações são do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos EUA, que emitiram um alerta num relatório.

A OMS já está alerta sobre esta questão e fez um levantamento onde chegou a números catastróficos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, por ano morrem em torno de 700 mil pessoas vítimas de infecções, e que até 2050 a coisa pode ficar sinistra, podendo morrer até mais de 10 milhões de pessoas por ano devido às bactérias resistentes aos antibióticos.

Um dos fatores para essas bactérias se tornarem resistentes contra antibióticos, é justamente o excesso de prescrição de antibióticos aos pacientes.

Os especialistas também mencionaram que a utilização de antibióticos na pecuária podem afetar a população, isso gera a resistência das bactérias que se tornam cada vez mais fortes e imunes ao medicamento.

Uma pandemia


Tom Frieden, ex-diretor do CDC, disse que essa onda frenética de disseminação dessas bactérias deve ser contida o quanto antes, pois, se continuar como está a coisa ficará irreversível.

Conter o uso excessivo dos antibióticos


Não podemos continuar tomando antibiótico por qualquer motivo, isso pode acarretar no agravamento e na fortificação das bactérias que se tornarão cada vez mais fortes contra os medicamentos, salienta o especialista Tom Frieden.

Com informações de RT