Page Nav

Grid

GRID_STYLE

Hover Effects

TRUE
{fbt_classic_header}

Header Ad

Últimas Notícias:

latest

Em pleno coronavírus, idosos são expostos ao rísco para tomar vacinas

Cidades como Natal, Sorocaba e demais locais, fizeram uma campanha grotesca para a vacinação em massa dos idosos, mesmo em tempo de contá...


Cidades como Natal, Sorocaba e demais locais, fizeram uma campanha grotesca para a vacinação em massa dos idosos, mesmo em tempo de contágio pela pandemia Covid-19.

Como confiar em autoridades de saúde que mandam o idoso sair de casa, entrar em uma fila próximo de estranhos possivelmente infectados, para tomar uma vacina de gripe que possivelmente aumenta em 36% o risco de contrair C-19? Sob a desculpa de "ajuda no diagnóstico", uma bobagem porque a vacina não é 100% eficaz e há vários outros vírus no ar. Sem contar que com a quarentena, o impacto da gripe será muito menor neste ano.

Não há coerência, é quarentena para jovens e aglomeração para idosos. Tem relatos de cidade do interior com o ginásio apinhado de idosos.
Eles simplesmente não tiveram a coragem de brecar o processo, ou nem sabem dos estudos. É a medicina dos protocolos e dos burocratas.


Veja a aglomeração de idosos para tomar a vacina contra a gripe, isso seria um tanto contraditório, tendo em vista as orientações das autoridades governamentais para não sair de casa.

O que devemos fazer? Os jovens que são classificados baixo risco devem ficar em casa e os idosos serem expostos ao risco? E tal vacina, qual sua eficácia?


Em Cariacica, o problema também se repete. O aposentado Antônio Sarmento, de 68 anos, precisou ficar de 40 minuto a uma hora na fila da Escola Municipal de Ensino Fundamental Stelida Dias, em Campo Grande, para receber a vacina.

"Na rua tinha muita gente, o pessoal muito aglomerado. Uns com máscara outros sem máscara. Uns 40 min a uma hora esperando para tomar vacina. Bem complicado", disse o aposentado ao site A Gazeta.

Além das pessoas estarem perdidas, acabam que passam a desconfiar de todo o alarde espalhado pela mídia sobre o coronavírus, se é isso tudo mesmo que estão transmitindo.

Esperamos que as coisas se esclareçam, e que possamos ter um norte sobre os respectivos acontecimentos.