Page Nav

Grid

GRID_STYLE

Hover Effects

TRUE
{fbt_classic_header}

Header Ad

Últimas Notícias:

latest

"Tirei mais vidas que Ted Bundy", diz ex-médica do aborto

 Uma ex-médica de aborto está se manifestando contra o movimento que anteriormente apoiava, afirmando que é necessária mais regulamentaçã...


 Uma ex-médica de aborto está se manifestando contra o movimento que anteriormente apoiava, afirmando que é necessária mais regulamentação das clínicas de aborto para proteger as mulheres de uma "indústria insegura".

Kathi Aultman, uma OB / GYN, começou a realizar abortos no final da década de 1970, mas acabou mudando de carreira devido ao desconforto com seu trabalho. Ela agora é pró-vida.

"Eu matei mais pessoas que Ted Bundy", escreveu ela em uma coluna para o USA Today . "Aceitar o fato de que eu era uma assassina em massa profissional foi devastador, mas me obrigou a falar a verdade."

A Suprema Corte dos EUA, diz ela, deve defender uma lei da Louisiana que exige que os médicos de aborto tenham privilégios em um hospital a 48 quilômetros da clínica. Os juízes considerarão a lei durante as alegações orais de 4 de março.

"Como ginecologista de plantão na sala de emergência, tratei pessoalmente mulheres com complicações graves, incluindo hemorragia com risco de vida e infecção por abortos, porque ninguém na clínica de aborto tinha privilégios de admissão", escreveu Aultman. “Nenhum pessoal da clínica de aborto ligou para me dar informações sobre uma paciente que eles estavam enviando para o pronto-socorro. Esta não é uma maneira segura de exercer a medicina.

"... O fato é que muitos médicos da equipe de centros cirúrgicos ambulatoriais precisam ter privilégios hospitalares para garantir que o atendimento ao paciente não seja comprometido no caso de uma complicação".

Os americanos ficaram horrorizados com a imunda clínica de aborto administrada pelo médico Kermit Gosnell, da Filadélfia, e ficaram chocados ao saber que um médico de Indiana, Ulrich Klopfer, acumulou sacos de restos fetais abortados.

Tal mercado do aborto é cruel e visa a destruição da raça humana, a principal criação de DEUS.

Traduzido e editado de Christian Headlines