Sobre a dificuldade de ser simples

Nenhum comentário

Mais um final de semana se aproxima, e neste momento gostaria de chamá-lo de fechamento de um CICLO semanal. Nascemos, crescemos, aprendemos e desenvolvemos novos hábitos, e em todas essas experiências, nosso ser é modelado. Assim, adquirimos opiniões e desfazemos de outras. Evoluímos ou nos sabotamos.

Nosso coração é bombardeado e nutrido com emoções boas e ruins também. Cabe a cada um de nós através da reflexão, realizarmos uma faxina mental para nos prepararmos para um novo ciclo. E quando essa faxina não é realizada? Permanecerá o acúmulo, que logo se converterá em lixo mental. E qual o resultado desta sobrecarga? A perda da simplicidade.

Observe: estamos sendo guiados por uma sociedade que nos exige produzir cada vez mais: mais um diploma de faculdade, mais um curso, mais uma especialidade, mais horas extras no trabalho. Mais tudo! A nossa vida, como ser social, está sendo paralisada e isso não é ser simples, é insanidade! Perdemos, aos poucos, o viver com simplicidade. Desejamos o melhor carro, o smartphone mais caro, a vestimenta da moda. Estamos nos tornando excêntricos e estranhos. Perdemos a referência do viver sem vaidades. Perdemos a chave da vida! Nada disso, que vivemos, faz sentido algum! Pare e pense um pouco, por favor!

Escolhi viver um novo ciclo. Decidi excluir um montante de lixo que só fazia peso. Comecei pelo questionamento: “é necessário ou não?”. E assim, o que antes era turvo, agora ficou claro. O que era "necessidade" tornou-se supérfluo. O que era cobrança evaporou! Escolhi sentir o amor, experienciar pessoas. Ouvir, abraçar, falar, dizer "eu te amo", "estou com saudades". E desde que me propus a isso descompliquei minha vida, tirei de meus ombros toda a opressão do sistema social. E nisso, descobri que quero ser cada vez mais simples.

Ser simples é expurgar a mentalidade de escassez e fazer sobressair a mentalidade abundante! Ser simples não é ser pobre ou viver em falta. É ser equilibrado. Bem ajustado.

Ser simples é nutrir a fé, alegria e relacionamentos felizes. Seria bom se fosse tão simples quanto este texto. É um processo. E ainda estou nele. E você?

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

SITE O CORREIO DE DEUS