URGENTE: Presidente Temer pode apresentar CARTA RENÚNCIA

Nenhum comentário


Uma notícia está prestes a sacudir o que resta de República no Brasil. O presidente Michel Temer vai fazer um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV na terça-feira, 3. Seria para se defender e acusar uma cruzada para lhe tirar da vida pública, mas pode ser um pronunciamento para apresentar a sua carta de renúncia.

O abalo por causa das prisões temporárias de amigos do presidente na quinta-feira (29) no âmbito da investigação sobre o decreto dos portos deixou o presidente sem respaldo político satisfatório, já não tinha respaldo popular e o respaldo do mercado financeiro já não é mais o mesmo quando Temer assumiu a presidência com o impeachment propondo reformas que agradam os agentes financeiros.

Michel Temer chamou o General e Ministro do Gabinete de Segurança Institucional Sérgio Etchegoyen para uma reunião de emergência. Etchegoyen disse ao presidente que as Forças Armadas estão insatisfeitas com essa crise institucional persistente e a ala mais moderada não está mais conseguindo acalmar a radical. A intervenção na segurança do Rio de Janeiro rachou de vez FFAA. Temer ainda tem dúvida da renúncia por ser encarada como confissão de culpa e sem o cargo as denúncias congeladas pelos deputados no ano passado seriam enviadas para primeira instância.

Presidente da Câmara e primeiro na linha sucessória, Rodrigo Maia já pode se aquecer para assumir a presidência da república interinamente, mas os militares não o enxergam com envergadura para tranquilizar a situação e levar o país até janeiro de 2019. A ala radical quer um presidente transitório de fora da política, de preferência um militar (General Etchegoyen é cotado para essa travessia).

Fonte: Brasil Decide Recomendamos que sigam.

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

SITE O CORREIO DE DEUS