Renomado analista prevê colapso sem precedentes do mercado mundial

Nenhum comentário

Uma guerra comercial causará a pior situação já vista nos mercados, prevê o investidor e analista financeiro Jim Rogers. O especialista destacou que cada confronto no setor costuma ter um efeito negativo no mercado de valores.
O futuro mercado baixista (queda de preços no mercado) será decepcionante devido à dívida. Além disso, a possível guerra comercial pode transformá-lo em um desastre total, declarou o investidor à Bloomberg.

"Estou muito preocupado. Eu li bastante de história e vi bastantes mercados para saber que as guerras comerciais costumam provocar catástrofes", explicou ele.
A preocupação do guru financeiro se deve ao fato de o presidente dos EUA, Donald Trump, planejar aplicar novas medidas contra a China. Dentro de alguns dias, Washington pode decretar tarifas sobre as mercadorias chinesas de até 60 bilhões de dólares (R$ 185 bilhões). A mídia afirma que Pequim não tardaria a responder proporcionadamente.

"A China é um grande comprador da produção agrícola dos EUA. Portanto, é uma forma evidente de contra-atacar, e isso resultará doloroso para Trump. Não para os norte-americanos, mas para Trump", avisou Rogers.

O próprio analista planeja investir em mercados promissores, como os da Rússia, China e Vietnã. Seu interesse no mercado russo se deve à estabilidade do rublo e à maior rentabilidade. Rogers revelou que está cada vez menos disposto a investir no mercado dos EUA, porque o país "está tão endividado como nenhum outro país jamais esteve".

Fonte: Sputnik News

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários.

Comentem, mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas, porém desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão aceitos.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

Direção O CORREIO DE DEUS