Morre guerreiro que lutou contra a ditadura totalitarista bolivariana de Nicolás Maduro

Nenhum comentário

Por Cezar Scholze

A confirmação veio do próprio governo ditatorial da Venezuela.

(O CORREIO DE DEUS) - As forças de segurança do então ditador Nicolás Maduro empreenderam uma investida contra o grupo liderado por Óscar Pérez. O grupo ficou emboscado e tentou negociar, mas não obtiveram êxito, pois os militares bolivarianos foram lá para tirar suas vidas sem qualquer negociação.
Óscar Pérez montou um grupo armado após a onda de fome e desordem ter tomado o país. Óscar Pérez viu o sofrimento da população da Venezuela e resolveu fazer um grupo de oposição ao exército do atual ditador.

Um vídeo postado ontem mostra o ex policial Pérez angustiado após ter sido encontrado pelas forças ditadoras de Maduro.

Veja o vídeo:



Após esse vídeo eles foram atacados com lança granadas e diversos disparos de armas de grosso calibre.

Como estavam em uma residência não puderam se defender, pois Pérez temia pelos civis que estavam no entorno do confronto.

No vídeo abaixo já mostra Óscar Pérez ferido e recebendo diversas rajadas de metralhadoras e lança granadas.



Para a mídia esquerdista brasileira, - ''a maioria delas'' -, Óscar Pérez era um agitador e rebelde, porém, isso é totalmente desmentido quando vemos a atual situação em que o povo venezuelano se encontra; com fome, comendo rações para animais e catando o lixo. Os supermercados estão vazios, não há comida, não há dignidade, e era contra isso que Óscar Pérez lutava.

A seguir vocês verão uma foto do soldado patriota já morto ao chão:


No Brasil, se a população de bem não se levantar e não lutar contra o totalitarismo de esquerda, com certeza passaremos por isso também.

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários.

Comentem, mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas, porém desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão aceitos.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

Direção O CORREIO DE DEUS