ONU critica porta-voz israelense por insinuações contra escola em Gaza

Nenhum comentário

Autoridades da ONU criticaram, nesta quarta-feira (14), as declarações de um porta-voz do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, insinuando que uma nova escola financiada pelas Nações Unidas em Gaza está sendo usada para "glorificar o terrorismo".

Na semana passada, o porta-voz Ofir Gendelman tuitou três fotos, nas quais crianças levavam o que pareciam ser armas falsas, durante um exercício no pátio de uma escola. Ele também publicou a foto de um cartaz anunciando a construção do centro Jamal Abdel Nasser, a nova escola financiada pela ONU em Gaza.

"Essa escola foi construída pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância", tuitou.

"A mensagem é clara: as crianças glorificam o terrorismo", inferiu, em seguida.

A ONU rebateu, afirmando que não há conexão entre as fotos publicadas por Gendelman e a escola. Um de seus representantes, Roberto Valent, reconheceu que as imagens foram tiradas em 2013, em uma escola que não foi financiada pela ONU.

Hoje, o coordenador humanitário da ONU nos Territórios Palestinos, Robert Piper, pronunciou-se no Twitter: "Chocado com essas mentiras contra a ONU (...) Esse nível de desinformação por parte do governo [israelense] sobre Unicef e PNUD não pode continuar".

A construção do estabelecimento acaba de começar em Gaza, completou Piper.

Procurado pela AFP, Gendelman não fez qualquer comentário, mas reagiu a Valent também pelo Twitter: "O problema é que as escolas da Faixa de Gaza tem programas de manejo de armas para crianças e celebram o terrorismo".

Israel e grupos palestinos de Gaza iniciaram uma guerra em 2008, que se prolongou por três anos. Governado pelo movimento islamita Hamas, o território palestino sofre há uma década com o embargo israelense.

Fonte: AFP

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

SITE O CORREIO DE DEUS