Page Nav

HIDE

Classic Header

{fbt_classic_header}

ÚLTIMAS:

latest

Jordânia: não haverá paz no Oriente Médio sem solução da questão palestina

Da AFP O rei Abdullah II da Jordânia afirmou nesta quinta-feira que a paz no Oriente Médio e mais adiante só poderá ser alcançada c...


Da AFP

O rei Abdullah II da Jordânia afirmou nesta quinta-feira que a paz no Oriente Médio e mais adiante só poderá ser alcançada caso a questão da Palestina seja resolvida, durante abertura de uma conferência sobre o Mediterrâneo em Roma.
"Enquanto os direitos dos palestinos não forem respeitados, milhões de pessoas no mundo se mostrarão cínicas a respeito da realidade da justiça internacional", declarou o rei na ocasião dessa conferência titulada "Med 2015".
Um ponto de vista compartilhado pelo secretário geral da Liga Árabe, Nabil Elaraby, recordando que muitas resoluções das Nações Unidas, votadas por unanimidade no Conselho de Segurança, nunca foram aplicadas.
Abdullah também se referiu à "carga" que representam os refugiados sírios para seu país.
A Jordânia acolhe atualmente cerca de 1,4 milhão de refugiados sírios, o equivalente a "um para cinco jordanos", indicou o monarca. "Um quarto de nosso orçamento nacional é gasto em custos relativos aos refugiados".
O rei considerou ser "um dever moral" continuar acolhendo palestinos, mas lamentou que a Jordânia e outros países da região suportem "a carga dos refugiados em nome de toda a comunidade internacional".