Querem uma única voz mundial: Ban Ki-moon defende resposta 'unificada' ao terrorismo

Nenhum comentário

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, insistiu nesta quarta-feira em uma resposta "unificada e multidimensional diante do terrorismo", especialmente em termos de prevenção, considerando que os líderes mundiais não souberam entender as mensagens das "primaveras árabes".
"Nossa resposta deve ser unificada e multidimensional", declarou o secretário-geral da ONU, insistindo em que "os direitos humanos devem estar na primeira linha da nossa resposta".
As pessoas seduzidas pelo extremismo geralmente estão "frustradas", "radicalizadas pelo que veem ao seu redor", acrescentou Ban Ki-moon, descrevendo um meio caracterizado pela "injustiça, a violência, e respostas mais duras em matéria de segurança".
"Quando explodiram as primaveras árabes, em 2011, incitei os dirigentes regionais a ouvir com atenção e sinceridade estas mensagens", enviadas por manifestações pacíficas em favor da democracia, "mas não escutaram", acrescentou o secretário-geral ao encerrar uma conferência internacional sobre prevenção do extremismo violento, em Madri.
Ao lamentar as consequências, como a guerra civil na Síria e a crise na Líbia, o diplomata insistiu na necessidade de primeiro se combater "a pobreza e as desigualdades", promover o desenvolvimento sustentável e atender aos jovens, alvo dos recrutadores dos grupos terroristas.
Ban Ki-moon recordou que em janeiro ou fevereiro apresentará um plano global de luta contra o terrorismo.
As declarações foram feitas durante a conferência no Clube de Madri, uma associação que reúne antigos chefes de Estado e de governo, e que defendeu priorizar a criação de governos responsáveis e que protejam os direitos das minorias para enfrentar a violência dos extremistas.
A Conferência, aberta na terça-feira pelo rei Felipe VI de Espanha, contou com a participação de cerca de 200 especialistas e 40 ex-chefes de Estado e de governo para analisar formas de prevenir a radicalização.

Fonte: AFP

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários.

Comentem, mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas, porém desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão aceitos.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

Direção O CORREIO DE DEUS