Israel decreta sítio de bairros árabes de Jerusalém

Nenhum comentário

Depois de mais um dia de violência, o gabinete de segurança israelense autorizou a Polícia local, na madrugada desta quarta-feira, a cercar bairros árabes de Jerusalém Oriental - de acordo com nota divulgada pelo escritório do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu.
Segundo o comunicado, "o gabinete de segurança decidiu tomar várias medidas para lutar contra o terrorismo, especialmente, autorizar a Polícia a isolar, ou impor um toque de recolher nos bairros de Jerusalém em caso de atritos, ou de incitação à violência".
"O gabinete também autorizou, sobretudo, a demolição de casas dos terroristas. Nenhuma nova construção será autorizada no local em questão, e as propriedades dos terroristas serão confiscadas, e a permissão de residência em Israel será revogada", completou a nota.
Além disso, os ministros aprovaram o reforço "no número de policiais, assim como somar soldados à segurança em Israel, especialmente, ao longo da barreira de segurança".
O gabinete deve se reunir de novo nesta quarta-feira para discutir outras medidas, principalmente, contra a "incitação à violência".
Jerusalém viveu na terça-feira seu dia mais sangrento desde o início da atual onda de violência, com um balanço de três israelenses mortos em dois atentados, enquanto do lado palestino um jovem da Cisjordânia morreu.

Da AFP

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários.

Comentem, mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas, porém desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão aceitos.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

Direção O CORREIO DE DEUS