Relator ''usado por DEUS'' deixa união homoafetiva fora do conceito de família

Nenhum comentário

Eis aqui uma notícia extremamente maravilhosa para nós cristãos que presamos pelo bem estar da família tradicional e também pela ordem natural em respeito a criação de DEUS.

O parecer final sobre o projeto de lei que cria o Estatuto da Família (PL 6583/13), divulgado nesta quarta-feira (2) na comissão especial que trata do tema na Câmara, manteve o texto inicial do projeto que prevê que a família deve ser constituída apenas pela “união entre um homem e uma mulher e a comunidade formada entre qualquer um dos pais e os seus filhos”. O texto é do relator deputado Diego Garcia (PHS-PR). O estatuto estabelece direitos e diretrizes de políticas públicas para a “entidade familiar”.
Lembram daquela enquete que rodava por meses na internet? Pois é ela surtiu muito efeito para nós, após um deputado ter mandado investigar a origem dos votos em favor dos homossexuais e teve uma surpresa. Milhares de votos vinham apenas de um IP de computador e poucos outros em demais votos. Podemos tirar uma conclusão disso tudo. Os homossexuais além de terem uma militância mal intencionada são ignorantes e fraudulentos discernente à assuntos de suma importância.

Com informações de Agência Câmara 

Cezar Scholze

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários.

Comentem, mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas, porém desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão aceitos.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

Direção O CORREIO DE DEUS