Sanções ao Irã vão voltar se país violar acordo sobre programa nuclear, dizem diplomatas

Nenhum comentário

VIENA (Reuters) - O Irã aceitou um plano que prevê o retorno das sanções em 65 dias caso o país viole um acordo fechado com seis potências mundiais para conter o programa nuclear iraniano, disseram diplomatas à Reuters nesta terça-feira.

Os diplomatas disseram que um embargo de armas da ONU continuará em vigor por cinco anos, e sanções contra mísseis por oito anos.

(Reportagem de Parisa Hafezi, Louis Charbonneau, Arshad Mohammed,John Irish e Shadia Nasralla)

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários.

Comentem, mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas, porém desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão aceitos.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

Direção O CORREIO DE DEUS