Tufão que atingiu as Filipinas se aproxima de Okinawa e das Ilhas Amami esta noite

Nenhum comentário

No dia 13, a previsão é de chuvas e ventanias nas regiões leste e oeste do país, como consequência do tufão e da baixa pressão atmosférica

O tufão número 6, que atingiu o norte das Filipinas nesta manhã, deve se aproximar das Ilhas Sakishima (Okinawa) esta noite e das Ilhas Amami na manhã de terça-feira, informou a emissora NHK.

De acordo com a Agência de Meteorologia do Japão, o tufão deve influenciar também nas regiões leste e oeste do país. A partir da próxima quarta-feira (13), a previsão é de chuva e fortes ventanias em uma área extensa das regiões.

O tufão número 6 atingiu o Canal Bashi, ao norte das Filipinas na manhã de hoje e, segundo as informações da Agência, segue em direção ao sul do Japão com uma velocidade de 20km/h.

A Agência alertou também para os riscos de ondas altas em Okinawa, que podem chegar a 8 metros nos próximos dias. Já as rajadas de vento podem alcançar uma velocidade de 90 km/h nas ilhas.

Segundo a previsão, uma massa de ar quente vinda do sul do país deve atingir a região oeste, provocando instabilidade no tempo. As chuvas e ventanias também são consequência da baixa pressão atmosférica.

Até a manhã de terça-feira, deve chover uma média de 120mm ao norte de Kyushu e de 100mm em Okinawa e nas Ilhas Amami. Em Sakishima e na região de Amami, a Agência estimou que a chuva pode chegar a 50mm no período de uma hora.

Moradores das ilhas foram alertados para os riscos dos ventos com potencial destrutivo que se aproximam. Para quem mora nas regiões leste e oeste, a recomendação da entidade é para maiores cuidados e atenção as mudanças climáticas nos próximos dias.

Foto: Reprodução/NHK

Alternativa Online

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários.

Comentem, mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas, porém desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão aceitos.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

Direção O CORREIO DE DEUS