União Europeia considera reduzir sanções contra a Rússia

Nenhum comentário

A União Europeia manifestou a sua disposição de reduzir as sanções anti-russas caso Moscou mude a sua posição sobre o crise na Ucrânia.

O anúncio foi feito pelo Serviço Europeu para a Acção Externa (SEAE), citado pelo jornal norte-americano The Wall Street Journal na quarta-feira, 14 de janeiro.
Segundo o jornal, no documento trata-se da vontade da União Europeia de retomar as negociações com a Rússia sobre o regime de isenção de vistos, cooperação com a União Econômica Euroasiática, bem como sobre a situação na Líbia, Síria e Iraque.
O documento, segundo as jornalistas, mostra a disposição de reduzir as sanções caso os acordos de Minsk sobre a saída do crise na Ucrânia sejam cumpridos, bem como o acordo sobre fornecimento de gás a Kiev.

Nos próximos dias, o documento será entregue aos ministros das Relações Exteriores dos países-membros da União Europeia. Depois disso, os ministros vão discutir o assunto em Bruxelas, em 19 de janeiro.

Voz Da Rússia

Nenhum comentário

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários.

Comentem, mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas, porém desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão aceitos.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

Direção O CORREIO DE DEUS