Brasil

5/cate1/NOTÍCIAS BRASIL

Mundo

6/cate2/Mundo

Oriente Médio/Israel

6/cate3/Oriente Médio

Estudos Bíblicos

5/cate4/Estudos Bíblicos

Coluna Irmão Max

5/cate5/Irmão Max

Vídeos

3/cate6/Vídeos

Recentes

Israel a beira da Guerra após derrubar avião russo


Uma aeronave militar russa Il-20, com 14 militares a bordo, saiu dos radares durante um ataque de quatro jatos israelenses na província de Latakia, na Síria, informou o Ministério da Defesa da Rússia.

Os controladores de tráfego aéreo da Base Aérea de Khmeimim “perderam contato” com a aeronave na noite de segunda-feira, durante o ataque de caças israelenses F-16 em Latakia, disse o MOD. O avião estava a 35 quilômetros da costa da Síria quando desapareceu.

Os radares russos também registraram o lançamento de mísseis de uma fragata francesa no Mediterrâneo na noite de 17 de setembro.


Quatorze pessoas estavam a bordo do avião no momento do desaparecimento. Uma missão de busca e resgate está em andamento.

O avião turboélice de vigilância Ilyushin 20 (IL-20) é uma plataforma de Inteligência Eletrônica (ELINT), equipada com uma ampla gama de antenas, infravermelho e sensores óticos. O SLAR (Side-Looking Airborne Radar) da aeronave e o link de satélite do avião permitem que os militares russos monitorem os céus da Síria em tempo real.

Um ataque de uma hora a Latakia começou por volta das 22h, horário local, e teve como alvo uma central elétrica, bem como duas instalações pertencentes aos militares sírios. Autoridades sírias disseram que o ataque foi "estrangeiro" e veio "do mar", mas inicialmente não confirmou rumores de que Israel estava por trás disso. Sete pessoas ficaram feridas no ataque, segundo autoridades sírias.

Enquanto os militares russos disseram ter registrado quatro jatos israelenses F-16 sobre a Síria no momento do ataque a Latakia, a IDF se recusou a comentar o relatório.

Apesar do fato de que Israel raramente reconhece alvos específicos na Síria, no início deste mês o IDF admitiu ter atingido pelo menos 202 “alvos iranianos” no país. No geral, Israel lançou 792 bombas e mísseis na Síria desde 2017, argumentando que os ataques foram necessários para impedir que o Irã estabelecesse bases no país para realizar ataques contra o Estado judeu.

Enquanto Israel continua reivindicando o direito de se intrometer na Síria, apesar das repetidas condenações de Damasco, a França disse que se juntará à campanha liderada pelos EUA para atacar a Síria novamente se houver relatos de uso de armas químicas.

Nas últimas semanas, Moscou vem batendo bateria sobre o ataque químico de bandeira falsa que está sendo preparado pelos notórios Capacetes Brancos e jihadistas na província de Idlib, a fim de enquadrar as forças do governo. Tal provocação, argumentam os militares russos, será usada para desencadear um ataque liderado pelos EUA contra Damasco.

O ataque a Latakia ocorreu poucas horas depois de a Rússia e a Turquia terem negociado uma desmilitarização parcial da província de Idlib, que é o último reduto de militantes contra o governo, incluindo a filial da Al-Qaeda Hayat Tahrir al-Sham (também conhecida como Jabhat Al). -Nusra).

Fonte: RT

Ciro Gomes não cansa de incitar o ódio e demonstrar um perigoso "autoritarismo''


Ciro Gomes, candidato pelo PDT ao cargo de Presidente da República, vem disparando suas sandices para todos os lados, a última vítima foi um repórter, que ao questionar Ciro Gomes sobre suas palavras em detrimento a situação de Roraima, foi xingado e vilipendiado pelo candidato. Ciro Gomes xingou o jornalista de modo antiético e totalmente truculento: "Filho da Puta'', disse Ciro Gomes ao ser simplesmente questionado sobre suas palavras ao ocorrido em Roraima.

Nas suas últimas exposições, Ciro Gomes disse que "iria mandar nas forças armadas, e que elas simplesmente obedeceriam ao seu comando'', como se ele fosse uma espécie de DEUS autoritário em sua fantasia de ditadura comunista.

Na realidade, ao que tudo indica, o Ciro Gomes oferece risco a democracia do país com seu discurso autoritário, como se fosse um ditador de uma ditadura totalitária de esquerda.

Lembrando ainda sobre às forças armadas, Ciro Gomes chamou num ato totalmente preconceituoso e imoral, o General Mourão de "burro de carga'', o que demonstra o total desrespeito e incitação ao ódio do candidato. Ciro Gomes tem demonstrado vários comportamentos típicos de ditadores que ao serem questionados, xingam, mandam prender e se possível fora mandariam até... sei lá...

Se você tem intensão de votar em Ciro Gomes, tome muito cuidado, pois o Brasil corre sério risco de ser tomado por seu autoritarismo, o que poderia sinalizar uma ditadura de esquerda totalitária.

Coordenador de Bolsonaro diz que Foro de São Paulo pode estar envolvido em ataque


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na manhã desta segunda-feira (10), o clima em frente ao hospital Albert Einstein, onde está internado o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), é tranquilo. Não há eleitores do candidato no entorno e o paciente praticamente não tem recebido visitantes em seu quarto dia no hospital.

O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), coordenador de campanha de Bolsonaro, encontrou-se com o presidente do PSL, Gustavo Bebianno, no hospital. Eles discutiram as prioridades: os rumos da campanha e a pressão que têm feito na Polícia Federal para que investigue o que veem como motivação política do ataque ao presidenciável.

"Bolsonaro é insubstituível. Ele é o símbolo que o povo escolheu para a mudança. Não cogitamos uma substituição. Jair Bolsonaro derrubou o seu sangue pelo Brasil, e agora é a nossa vez. Nós vamos para as ruas", disse. "O general Mourão é extraordinário, mas o que temos neste momento é Bolsonaro na UTI."

Segundo Lorenzoni, países que fazem parte do Foro de São Paulo, que envolve agremiações de esquerda, poderiam estar envolvidos nesse ataque, e os coordenadores de campanha vão pressionar a PF para que isso seja investigado.

"Qual é o último atentado a faca no Brasil? Não existe. No Brasil se mata a bala. Isso precisou de treinamento, de suporte, de apoio. O que foi feito em Juiz de Fora não foi ação isolada de uma pessoa desequilibrada. Entrem na internet e vejam em que países se mata a faca", disse Lorenzoni.

Sobre o quadro de saúde do presidenciável, o deputado disse que viu um Bolsonaro "mais corado", mas não entrou no quarto.

"A cada dia evolui positivamente. Está mais disposto, fez a barba sozinho hoje pela manhã. Ele já começa a recuperar sua condição orgânica. Mas ainda há risco. Continuamos apelando a todos os amigos e correligionários para que não venham [ao hospital], quanto menor a exposição dele melhor para a recuperação", concluiu.

Fonte: Yahoo

Nascimento de boi vermelho é visto como sinal de "fim dos tempos" em Israel


O nascimento de um bezerro vermelho em Israel, anunciado pela entidade judaica Temple Institute na última semana, é visto como “um sinal do fim dos tempos”. O animal é o primeiro totalmente vermelho a nascer em 2 mil anos na região, ainda segundo a instituição, e significa que a pureza “será restaurada no mundo”.

A aparição do bovino, segundo a crença religiosa registrada em profecia bíblica, implicaria na chegada do “messias” esperado pelos judeus — que não seguem a tradição cristã — e marcaria a construção do terceiro Templo de Jerusalém. Ou seja, significaria o início de um novo mundo.

Diretor da entidade, o rabino Chain Richman anunciou o nascimento do animal ao tablóide britânico Daily Star. O bezerro está sendo examinado por especialistas, que pretendem atestar se ele realmente pertence à rara espécie.

Três anos atrás, o Temple Institute criou o programa Raise a Red Heifer in Israel (Crie um Bezerro Vermelho em Israel) para tentar criar o animal na região. A entidade chegou a importar embriões de angus vermelhos dos Estados Unidos e implantá-los em vacas domésticas.

“Se não houve um bezerro vermelho em 2 mil anos, foi porque, talvez, não era o momento certo. Israel se mantinha longe de estar preparada”, disse o rabino ao Daily Star.

Veja o vídeo:



Fonte: Yahoo

Nota de esclarecimento - O CORREIO DE DEUS


Viemos por meio desta, anunciar o candidato que iremos apoiar nestas eleições para a presidência da república e iremos explicar o motivo.

São vários os fatores que levaram o grupo O CORREIO DE DEUS a chegar em comum acordo e decidir quem irá apoiar nas nessas eleições.

Cabe ressaltar, que querendo ou não, somos obrigados a votar, e tendo isso em vista nosso dever é de mostrar o caminho que mais se assimila ao evangelho.

Por que não apoiaremos em primeiro momento o Cabo Daciolo?

Bom, Daciolo além de estar com baixa popularidade fazendo com que a vitória fique distante, Daciolo não possui a experiência que o candidato que escolhemos possui. Sendo assim, estes são os pontos em que não nos permitiram apoiar Daciolo - mesmo ele sendo um servo de DEUS e bem quisto por nós. Daciolo é um homem de DEUS e merece respeito da comunidade cristã.

Por que não iremos apoiar Marina Silva?

Em primeiro lugar, Marina Silva não é e nunca foi evangélica, ela sempre carregou esse título para se autopromover e conseguir votos. Ela sabe que o eleitorado evangélico é grande, e por isso repete incessantemente que serve a DEUS, porém, uma pessoa cristã e que conhece o evangelho jamais defenderia plebiscito para o aborto e muito menos o casamento homoafetivo que é condenado explicitamente pela Bíblia a qual ela diz seguir.

Marina Silva serviu ao PT por 30 longos anos, e posso garantir que ela saiu do PT, mas o PT jamais saiu de dentro dela. Isto é perigoso, acreditem.

O candidato que iremos apoiar chama-se Jair Messias Bolsonaro, 17.

Por que apoiaremos Bolsonaro? Os motivos são inúmeros, porém vale ressaltar alguns que fazem com que ele se destaque como uma excelente opção para o povo cristão.

Mesmo que ele não seja de fato um cristão conservador e que siga a verdade "sendo ele católico'', Bolsonaro é firme em suas posições, possui altíssima popularidade e apoia incondicionalmente os cristãos. Bolsonaro luta há anos contra ideologias e mecanismos diabólicos que visam destruir a família instituída por DEUS tais como ideologia de gênero, materiais ensinando crianças a se desviarem do seu curso natural nas escolas, sexualização precoce de crianças nas escolas, dentre outras coisas que vão totalmente contra os valores da família.

Bolsonaro quer acabar com os privilégios, corrupção, bandidagem, tráfico de drogas, assaltos, assassinatos, penas severas para crimes hediondos e estipular a maioridade penal para 16 anos ou menos para que, aqueles que são capazes de raciocinar e cometer crimes possam responder pelos seus atos assim como funciona nos EUA. Ele é contra casamento gay, contra privilégios do movimento LGBT, contra o aborto, contra tudo o que Marina Silva e os demais são a favor.

Na realidade, Bolsonaro tem provado que não se vende, votando contra as indicações maliciosas dos partidos que já fez parte, ele demonstra que a corrupção não faz parte do seu caráter, o que nos faz dar credibilidade aos seus projetos de governo.

Para fim, se Bolsonaro fosse mais um desses lobos devoradores que estão doidos para assumir o poder, ele não teria sido atacado e ferido para morrer. Se tentaram matar ele, é porque certamente oferece risco aos planos da elite globalista. Não que ele irá parar os planos da elite ou as profecias bíblicas para nós, todavia ele pode nos proporcionar um pouco mais de dignidade, o que os demais candidatos jamais nos proporcionariam.

Sendo assim, declaramos abertamente apoio ao candidato Jair Messias Bolsonaro - o fazemos gratuitamente por acreditar que seus ideais "políticos'' sejam similares ao quê acreditamos.

- Cezar S D S Scholze

O CORREIO DE DEUS

Furacão Florence alcança categoria 4 e ameaça costa leste dos EUA



Florence soprava nesta segunda-feira (10) com ventos de 220 km/h em seu avanço à costa leste dos Estados Unidos, onde ao menos um milhão de pessoas receberam ordens de evacuação.

Às 21h00 GMT (18h00 de Brasília), o furacão de categoria 4 (1 a 5) soprava com ventos firmes máximos de 220 km/h, com rajadas mais fortes, e estava a 1.880 quilômetros a sudeste da Carolina do Norte, segundo um boletim do Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês).

Os meteorologistas calculam que tocará a terra entre quinta e sexta-feira na fronteira entre Carolina do Norte e Carolina do Sul, embora a trajetória ainda seja incerta.

“Prevemos um maior fortalecimento e espera-se que Florence seja um furacão de grande intensidade e extremamente perigoso ao longo de quinta-feira”, indicou o NHC em comunicado.

Os estados da Carolina do Norte e do Sul, assim como a Virgínia, mais ao norte, se declararam em emergência para acelerar os planos de contingência.

“Estou ordenando a evacuação obrigatória, não voluntária, obrigatória”, declarou o governador da Carolina do Sul, Henry McMaster.

“Cerca de um milhão de pessoas deixarão a costa”, acrescentou, detalhando os planos de reverter o sentido do tráfego em algumas rodovias para facilitar a saída.

“Este é um furacão de verdade”, disse o governador. “As evacuações são inconvenientes, mas não queremos arriscar uma só vida”.

Em Charleston, uma antiga cidade portuária da Carolina do Sul, os moradores se preparavam para encher sacos de areia e comprar mantimentos antes que começasse o êxodo maciço.

John Johnson, encarregado de uma serralheria no centro, disse à AFP que a corrida por baterias, lanternas, cobertores de plástico e sacos de areia começou na sexta-feira e não parou.

Também nesta segunda-feira, vários condados da Carolina do Norte emitiram ordens de evacuação obrigatória para as regiões costeiras, como as ilhas de Topsail Beach.
“Aqui na Carolina do Norte estamos nos preparando para um golpe forte”, assinalou o governador do estado, Roy Cooper, em entrevista coletiva nesta segunda.

Acrescentou que a Carolina do Norte está levando o furacão Florence “muito a sério” e pediu aos cidadãos que façam o mesmo.



Por enquanto, espera-se que o olho do furacão entre no continente na altura da pequena cidade portuária de Wilmington, no sul da Carolina do Norte.

Meteorologistas advertem que depois o furacão poderia permanecer estagnado em terra firme antes de se dissipar, como fez o Harvey no Texas no ano passado, o que aumentaria o risco de inundações.

A Marinha americana ordenou que todos os seus barcos abandonem a área de Hampton Roads devido à passagem do furacão.

O presidente Donald Trump tuitou uma mensagem de apoio aos habitantes que estão na trajetória do furacão.

“Aos incríveis cidadãos da Carolina do Norte, Carolina do Sur e de toda a costa leste – esta tempestade parece muito ruim!” – escreveu. “Tomem as precauções necessárias”.

– Outros dois furacões –

Entretanto, outros dois furacões sopram no Atlântico em um momento no qual a temporada dessas tormentas, que termina em 30 de novembro, alcança seu auge em setembro.

Isaac sopra com força de categoria 1 e com ventos máximos firmes de 120 km/h a leste das Pequenas Antilhas.

Sua trajetória o mostra atravessando na quinta-feira as mesmas ilhas caribenhas que foram devastadas no ano passado pelos furacões Irma e Maria, e que dificilmente estarão em condições de suportar outro desastre tão cedo.

Não obstante, as previsões estimam que este furacão relativamente pequeno comece a enfraquecer na metade da semana à medida que se aproxime das ilhas, assinalou o NHC.

Mais a leste, perto das ilhas de Cabo Verde, perto da costa da África, o furacão Helene soprava com ventos de 165 km/h, mas se dirigia ao norte do Atlântico sem representar perigo para nenhuma costa.

Fonte: Istoé