quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Senado aprova novo prazo para repatriação de recursos do exterior


(Reuters) - O Senado aprovou na noite de quarta-feira projeto de lei que reabre o prazo para a repatriação de recursos mantidos no exterior, e estabeleceu um repasse de 46 por cento do valor arrecadado pela União com as multas a Estados e municípios.

O texto, que agora segue para a Câmara, atinge a declaração de situação patrimonial até 30 de junho de 2016 --a legislação atual previa até 31 de dezembro de 2014-- e estabelece prazo de adesão por 120 dias contados 30 dias após a publicação da norma, o que significa que as datas dependerão da tramitação do projeto na Câmara.

O novo projeto estabelece alíquota do Imposto de Renda de 17,5 por cento e mais multa também de 17,5 por cento, elevando o valor total a ser pago pelos declarantes que aderiram ao programa durante o novo prazo de 30 por cento para 35 por cento, de acordo com a Agência Senado.

O líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR), estimou que a arrecadação com o novo projeto ficará entre 20 bilhões e 30 bilhões de reais. A primeira fase do programa de repatriação resultou em arrecadação de 50,9 bilhões de reais.

O repasse dos Estados foi incluído no projeto do Senado após acordo fechado esta semana entre o governo federal e as administrações estaduais, que prevê um ajuste fiscal dos Estados em troca dos recursos da repatriação. [nL1N1DN251]

Originalmente o texto proposto por Jucá previa autorização para que parentes de políticos pudessem participar do novo programa de repatriação, mas devido ao protesto de diversos senadores de oposição no plenário o líder do governo aceitou um acordo para retirar o dispositivo da proposta, informou a agência do Senado.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.