terça-feira, 22 de novembro de 2016

Palestino tenta esfaquear segurança israelense e é morto a tiros


(Reuters) - Um guarda israelense matou a tiros um palestino que tentou esfaqueá-lo em um posto de segurança movimentado na Cisjordânia nesta terça-feira, informou a polícia de Israel.

A porta-voz da polícia, Luba Samri, disse que o palestino se aproximou do guarda a pé pela faixa de veículos do posto de Qalandiya brandindo uma faca e que o segurança não ficou ferido.

O Ministério da Saúde palestino confirmou a morte.

Ao menos 228 palestinos morreram em episódios de violência na Cisjordânia e na Faixa de Gaza desde outubro de 2015. Israel diz que no mínimo 154 deles eram agressores envolvidos em uma onda de ataques solitários que muitas vezes visaram forças de segurança recorrendo a armas rudimentares, como facas de cozinha. Outros morreram durante confrontos e protestos.

Os ataques de rua mataram ao menos 33 israelenses e dois norte-americanos em visita no mesmo período.

Israel sustenta que uma das causas principais da violência é a incitação da liderança palestina, já que homens jovens são incentivados a agredir soldados e civis israelenses.

As famílias dizem que os agressores agem por desespero, frustrados pela falta de progresso rumo à paz e pela construção contínua de assentamentos israelenses na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém Oriental, que os palestinos querem para formar seu próprio Estado.

Os palestinos acusaram policiais e soldados israelenses de empregarem força excessiva em muitos casos, dizendo que muitos agressores poderiam ter sido contidos ou detidos sem ser mortos. Em vários casos Israel iniciou investigações.

(Por Maayan Lubell e Ali Sawafta)
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.