Por Cezar S D S Scholze

Na antiguidade os pais ofereciam seus filhos primogênitos ao deus Moloque, que era um deus de povos pagãos e por isso seus adeptos da época sacrificavam seus primeiros filhos em homenagem ao seu deus. No entanto, o verdadeiro DEUS sempre deixou explicito mediante ao seu povo, seu total repúdio a esta prática pagã da época, condenando veemente quem cometia esta atrocidade.

Jogava-se as crianças ao fogo e elas queimavam como sacrifício vivo ao deus pagão.

E disse o DEUS de Israel ao seu povo;

Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações.
Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;
Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos;
Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti. (Deuteronômio 18:9-12)


''Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha...'' Veja que estas práticas eram completamente abomináveis à DEUS, pois nela notamos todos os tipos de crueldade possível. Sacrifício humano à um deus pagão é um dos pecados que mais causavam a ira de DEUS, o ódio de DEUS. E tomo a ousadia de dizer que o aborto não é diferente, pode ter certeza.

Saiu na mídia que o STF com a ajuda de alguns ministros descriminalizaram o aborto até aos três meses da existência do feto. Bom, segundo os argumentos usado pelo Ministro Barroso, isso assegurará os direitos da mulher. É isso mesmo! Se a mulher quiser abortar até os três meses de gestação ela vai poder, por ser um direito a integridade dela por ela ser mulher.

Isso de modo indireto estará legalizando a profissão de prostituição, além de dar subsídio à pessoas racionais a fim de que cometam a torpeza e insanidade de abortar quando bem entenderem.

Segundo a lógica dos ''MAGISTRADOS'', a pessoa no ato do sexo não tem acesso ao raciocínio lógico característico do ser humano. É como se a pessoa quando praticasse o sexo, estivesse desligada do mundo real e entregue ao sub-mundo da imoralidade e da perversão, os limitando de pensarem nas consequências dos seus próprios atos.

Vejo que está em curso uma agenda satânica, e não adianta falar que é conversa de fanático religioso, é a verdade e fato comprovado, pois para usar este argumento ''vazio, superficial e vil'' para legalizar o assassinato de um bebê, tem que ser muito endemoniado!

''Meu corpo minhas regras?'' Então por qual motivo na hora de praticar sexo de maneira inescrupulosa não pensa nas consequências? A vida gerada tem culpa da insanidade humana? O homem não é racional na hora do sexo, mas na hora do aborto é extremamente racional? Quer dizer que quando praticam sexo as pessoas tem o corpo liberado para qualquer coisa devido a falta de raciocínio? Pera ai! Ninguém aqui é tolo à ponto de acreditar numa coisa horrenda destas. Quer dizer que o direito da mulher só parte do ponto em que ela se arrepende do sexo feito, e resolve tirar um bebê? E quanto ao momento da relação sexual? Ela não tem direitos? Ela não sabe de nada? O homem não sabe de nada? O homem é inocente por ter gerado uma criança e por isso ele tem o direito de obrigar a mulher à tirar?

Eu poderia fazer muitas perguntas aqui, porém gostaria de deixar claro que com esta insanidade articulada pelo Supremo, o Brasil está assinando uma carta de oposição à DEUS, e podem ter certeza, que isso acarretará em consequências inimagináveis e catastróficas para esta nação podre, imoral e corrupta.

DEUS abomina o comportamento dos que são a favor da privação da vida;

1- Não entregarás os teus filhos para consagrá-los a Moloque, para não profanares o nome de teu Deus (Levíticos 18,21);

2- Todo filho de Israel, ou estrangeiro que habita em Israel, que der um de seus filhos a Moloque, será morto (Levíticos 20,2);

3- Que em teu meio não se encontre alguém que queime seu filho ou sua filha (Deuteronômio 18,10).


Usei trechos Bíblicos onde DEUS condena o ''sacrifício'' de crianças à um deus pagão. Porém, gostaria de dizer que indiretamente a legalização do aborto é praticamente a mesma coisa. Só que de um modo politicamente ''correto'', que de correto não tem absolutamente nada!

No mais, nos resta orar por esta nação entregue nas mãos de Satanás, pois a cada dia que passa a imoralidade e a corrupção aumentam de maneira desastrosa. Basta ver parlamentares articulando e querendo interromper uma operação que apura corrupção e lavagem de dinheiro no país. Sabem por qual motivo o alvoroço? Certamente é porque a maioria destes bandidos tem o rabo preso e serão tragados pela Operação Lava-Jato.

Para concluir, gostaria de fazer uma pergunta: ''Que moral tem estes mesmos parlamentares e este judiciário falido para interferir em questões pessoais da família?'' Responda você esta pergunta.

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.