O Ministério Público Federal divulgou nessa sexta-feira (11) os números do projeto Raio-X Bolsa Família, que identificou 870 beneficiários suspeitos de receber o benefício de forma irregular. A Bahia lidera o ranking nada honroso, com 141.481 casos investigados.
Segundo o MPF, entre 2013 e 2016, as possíveis fraudes podem ter resultado num prejuízo de R$ 536.716.597,00 só na Bahia. A cifra do cenário nacional chega a R$ 3,3 bilhões.
O MPF recomendou que 4.703 prefeituras de todo o Brasil realizem visitas domiciliares para averiguar a situação socioeconômica dos beneficiários investigados. Empresários e servidores públicos aparecem entre os suspeitos.

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.