Por Ju-min Park e Eric Walsh

SEUL/WASHINGTON (Reuters) - A Coreia do Norte fez um disparo de teste de míssil que falhou imediatamente após o lançamento no início desta quinta-feira, disseram militares dos Estados Unidos e da Coreia do Sul, horas depois dos dois países concordarem em intensificar esforços para se contraporem às ameaças de Pyongyang.

Acredita-se que o míssil era um Musudan de alcance intermediário que foi lançado de Kusong, cidade no oeste da Coreia do Norte de onde o país tentou lançar o mesmo tipo de míssil sem sucesso no sábado, disseram o Comando Estratégico norte-americano e o Escritório dos Chefes do Estado-Maior sul-coreano.

O disparo ocorreu pouco depois de EUA e Coreia do Sul acordarem, em Washington, aprofundar os esforços militares e diplomáticos para confrontarem os programas nuclear e de mísseis da Coreia do Norte.

"Repudiamos fortemente os atos contínuos de provocação do Norte", disseram os Chefes do Estado-Maior sul-coreano em um comunicado.

O Japão criticou o lançamento e disse que irá apresentar um protesto formal ao Norte por meio de sua embaixada em Pequim.

O disparo de míssil fracassado foi a oitava tentativa norte-coreana em sete meses de lançar uma arma com um alcance projetado para 3 mil quilômetros que possa ser disparada de lançadores móveis, disseram os militares dos dois países.

A Coreia do Norte vem desenvolvendo seus programas nuclear e de mísseis em ritmo inédito neste ano.

Em junho, o país lançou um míssil Musudan que percorreu cerca de 400 quilômetros, mais da metade da distância até o Japão, um voo que autoridades e especialistas de EUA e Coreia do Sul consideraram bem sucedido.

Pyongyang disse nesta quinta-feira, em um comunicado de sua agência espacial divulgado pela mídia oficial, que irá continuar a lançar satélites apesar das objeções de seu rival do Sul.
Marcadores: ,

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.