Israel se desculpou no sábado pelas declarações de um vice-ministro que atribuiu o terremoto de quarta-feira na Itália a um castigo infligido após a adoção, pela Unesco, de uma resolução sobre Jerusalém Oriental denunciada pelo Estado hebraico.

Em uma visita ao Vaticano, o vice-ministro de Relações Exteriores, Ayub Kara, afirmou na quarta-feira ter "certeza de que o sismo ocorreu por causa da decisão da Unesco".

"Condenamos as declarações do vice-ministro", afirmou o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores em um comunicado.

Israel se opõe a uma resolução sobre o patrimônio cultural palestino em Jerusalém Oriental, adotada em 18 de outubro pela Unesco, que lamenta as "escavações ilegais" de Israel na Cidade Velha de Jerusalém, citando "a Esplanada das Mesquitas".

O texto omite a outra denominação do local, hebraica, de "Monte do Templo", o lugar mais sagrado do judaísmo, algo que as autoridades israelenses denunciaram.

Jerusalém Oriental, que inclui a Cidade Velha, foi ocupada em 1967 e anexada por Israel. Este ato nunca foi reconhecido pela comunidade internacional.

Fonte: AFP

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.