domingo, 25 de setembro de 2016

Turquia rejeita projeto americano de armar curdos sírios


O ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, qualificou como "inaceitável", neste domingo (25), o projeto dos Estados Unidos de entregar armas aos curdos sírios que combatem o grupo Estado Islâmico (EI).

Os Estados Unidos "cooperam, infelizmente, com uma organização terrorista que ataca a Turquia", declarou o ministro, em entrevista ao canal France 24.

"É inaceitável", frisou.

Ancara relaciona as Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG) ao braço sírio do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) - baseado na Turquia -, o qual classifica como organização terrorista.

"Armá-los é muito perigoso. As armas dadas a essas forças são depois vendidas ao Daesh (acrônimo do EI em árabe) e a outras organizações terroristas", afirmou o chefe da diplomacia turca.

Washington planeja fornecer armas aos curdos sírios que participaram da ofensiva para retomar Raqa, reduto do EI na Síria, informou o general americano Joseph Dunford na quinta-feira passada (22).

Por enquanto, os EUA garantem ter fornecido armas apenas ao componente árabe das Forças Democráticas Sírias (FDS) - a coalizão curdo-árabe que tomou a cidade estratégica de Minbej, recentemente, das mãos do EI.

A partir de agora, porém, Washington considera fornecer armas para o lado curdo, as YPG, para "aumentar as chances de sucesso em Raqa", explicou o general Dunford.

O secretário americano da Defesa, Ashton Carter, também se mostrou favorável ao armamento dos curdos, mas sem dar detalhes.

"Não nos decidimos sobre esse tema", desconversou.

No plano americano, o componente curdo das FDS deve lançar a ofensiva para retomar Raqa, antes de ceder, em seguida, o controle para o lado árabe. Este último teria a responsabilidade, junto com outros grupos, de manter a cidade.

Fonte: AFP
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.