Um membro dos serviços de segurança israelenses ficou gravemente ferido nesta sexta-feira (30) à noite em Qalandia, na Cisjordânia ocupada, por um palestino que foi morto, anunciou um porta-voz da polícia.

O agressor, de 28 anos e oriundo de Jerusalém, se aproximou a pé do controle de estrada israelense e atacou com uma faca um membro dos serviços de segurança, que foi levado a um hospital. Seus colegas dispararam contra o atacante e o mataram, acrescentou a polícia, sem informar a identidade do palestino.

A violência em Jerusalém, nos territórios palestinos e em Israel já custou a vida de 231 palestinos, 34 israelenses, dois americanos, um jordaniano, um eritreu e um sudanês desde o dia 1º de janeiro de 2015, segundo a AFP.

A maioria dos palestinos mortos preparava ou tentava preparar ataques contra israelenses, muitos com armas brancas.

A localidade de Qalandia, controlada militarmente por Israel, fica na Cisjordânia, ocupada há quase 50 anos. Muitos de seus habitantes dispõem do status de residente em Israel, uma permissão entregue aos palestinos que vivem na parte leste de Jerusalém, ocupada e anexada pelo Estado hebreu.

Fonte: AFP

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.