terça-feira, 13 de setembro de 2016

Mãe e filha enfrentam acusação de incesto após se casarem


A polícia do condado de Stephens, em Oklahoma, Estados Unidos revelou que uma mulher de 43 anos conseguiu se casar legalmente com sua própria filha, de 25.

O mais surpreendente da história é que a mãe também havia casado com seu filho mais velho em 2008. O relacionamento durou apenas 15 meses. No processo de anulação do casamento, ele reconhece que era uma relação incestuosa.

Durante investigações sobre negligência infantil, as autoridades ouviram que Patricia Ann Spann perdera a guarda de seus três filhos no passado. As crianças foram adotadas pela avó paterna.

Muitos anos depois, Patricia voltou a se encontrar com a filha, Misty Velvet Dawn Spann. Elas afirmam que “se deram bem” na mesma hora. Tempos depois começaram um relacionamento que foi sacramentado perante a justiça em março.

A mãe alega que não via problemas em registrar a relação, uma vez que Misty não tinha seu sobrenome na certidão de nascimento.

As duas estão presas e o juiz estipulou sua fiança em 10.000 dólares [32.000 reais]. Elas estão enfrentando acusações de incesto. De acordo com as leis do estado, o casamento entre parentes próximos é considerado incesto, mesmo que não haja relações sexuais. Se condenadas, Patricia e Misty podem pegar até 10 anos de prisão.Fonte: Gospel Prime | Com informações de Fox News

Fonte: Eclésia
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.