A medida faz parte de uma iniciativa do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, que ordenou em março que os serviços da cidade permitam que as pessoas escolham qual banheiro utilizar em função de sua identidade de gênero

AFP

A cidade de Nova York lançou nesta segunda-feira uma campanha para promover o direito das pessoas transgênero de utilizar os banheiros públicos de acordo com sua identidade sexual, um tema polêmico nos Estados Unidos.

A medida faz parte de uma iniciativa do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, que ordenou em março que os serviços da cidade permitam que as pessoas escolham qual banheiro utilizar em função de sua identidade de gênero.

Concretamente, uma pessoa nascida homem mas que se identifica como mulher pode utilizar o banheiro para mulheres e vice-versa.

"Use o banheiro com o qual você se sente identificado. Esqueça-se do rosa e azul do passado", afirmam os cartazes da campanha, que serão espalhados em vagões do metrô, cabines telefônicas, pontos de ônibus e que serão publicados em jornais de bairro.

Também serão transmitidas duas propagandas com nova-iorquinos transgêneros nas redes sociais e no canal de televisão municipal NYC TV.

"Ninguém merece ser discriminado ou impedido de utilizar um banheiro por ser quem é", disse de Blasio em um comunicado.

"Cada nova-iorquino tem o direito de usar banheiros de acordo com a sua identidade de gênero sem dar explicações. E esta grande campanha publicitária reforça este direito", disse.

O governo de Barack Obama enviou em maio uma circular a todo o sistema público de educação que afirma que o acesso aos banheiros deve ser feito de acordo com o sexo com o qual o aluno se identifica, e não pelo sexo de nascimento.

Isso desencadeou uma série de demandas de vários estados, como Texas, que acusam as autoridades federais de tentar "transformar os locais de trabalho e ensino em gigantescos laboratórios de experimentação social, se esquivando da via democrática e desprezando medidas de senso comum que protegem as crianças e os direitos fundamentais".

Os estados de Alabama, Wisconsin, Virgínia Ocidental, Tennessee, Oklahoma, Louisiana, Utah e Geórgia, além das autoridades educacionais de Arizona e do governador do Maine se somaram à demanda do Texas.

A administração federal publicou estas diretrizes em resposta a uma lei da Carolina do Norte que obriga as pessoas transgênero a usar os banheiros de acordo com seu sexo de nascimento.


Fonte: O tempo

Postar um comentário

  1. Depois diz os homossexuais, gays, lésbicas, transexuais, que nós, cristãos, somos intolerantes e ofendemos sem sequer respeitar a sua opinião e liberdade de escolha para ser o que quiserem, mas como diz na Bíblia Sagrada no livro de Levítico capítulo 20 versículo 13: "Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão, o seu sangue será sobre eles." E na epístola paulina de 1 Coríntios capítulo 6 versículo 10 na Palavra de Deus diz assim: "Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus." Resumindo, Deus em Cristo detesta, abomina, odeia e rejeita a sodomia, a homossexualidade, o gayzismo, o lesbianismo, o transexualismo, o drag queen, o que for do movimento LGBT, pois todos esses são abomináveis diante de Deus como diz no livro de Apocalipse segundo João nas Escrituras, e é pecado horrendo aos olhos do Criador, tanto que todos morrerão e senão se arrependerem do seu pecado, dos seus maus caminhos, todos esses irão perecer no inferno, onde arde fogo e enxofre, sendo todos atormentados senão houver arrependimento do seu pecado pelo Cordeiro Jesus sem parar e sem misericórdia pelos séculos dos séculos para sempre sem fim mesmo. Então, Deus considera, odeia e diz é pecado e é abominação cometer a homossexualidade, o gayzismo, o lesbianismo, o transexualismo, a pederastia, a sodomia, o que for do mesmo sexo, do mesmo gênero, pois é contra Cristo, deturpa a Palavra e odeia a autoridade divina e suprema do SENHOR dos Exércitos de verdade, pois vem do Pai da mentira, que é o Diabo, o sedutor e príncipe deste mundo, de fato.

    ResponderExcluir

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.