terça-feira, 7 de junho de 2016

Padre é preso após estuprar idosa de 70 anos na França


Crime aconteceu no ano passado. Igreja católica do país vem passando por crise por casos de pedofilia e abusos sexuais

Um padre foi preso acusado de estuprar uma idosa de 70 anos na França, informaram autoridades do país nesta terça-feira (7). Édouard Tognon, de 50 anos, está detido desde a segunda (6). Ele era reponsável pelas paróquias de Fleurance e Mauvezin, no sudoeste do país. As informações são da AFP.

"Ele foi afastado de todos os deveres pastorais" disse, em coletiva de imprensa, o arcebispo de Auch, Maurice Gardes. O clérigo se referiu ao incidente como um "fato doloroso". Gardes afirma que o padre mantinha boa imagem entre os fieis antes do crime.

Segundo a polícia, os crimes aconteceram em 4 de setembro do ano passado. O arcebispo da região recebeu duas reclamações, uma feita pela vítima e a outra por um homem. Ambas ligavam o abuso ao nome de Tognon, que tem origem beninense.

Na França, a Igreja católica vem enfrentando polêmicas recentes sobre abusos sexuais. O arcebispo de Lyon, Philippe Barbarin, foi acusado de acobertar casos de pedofilia e agressões. Em resposta, a hierarquia anunciou medidades para apurar os fatos entre seus membros.

O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.