A guarda costeira Argentina abriu fogo até provocar o naufrágio de um barco de pesca chinês que havia chegado muito perto da costa do país em busca de lulas.

Há alguns dias a guarda marinha já havia disparado em advertência contra outro pesqueiro chinês que se aproximou demais da costa, na Patagônia. Os agentes navais metralharam o barco até causar danos suficientes para afundar a embarcação. Todos os tripulantes foram resgatados por outro pesqueiro chinês e o capitão foi preso.

Um porta-voz da guarda relatou que o barco chinês havia adentrado as 200 milhas argentinas, e quando foi dada a ordem para desligar os motores o barco começou uma fuga, o que deu início a uma perseguição.O navio argentino conseguiu se aproximar do barco chinês e o capitão deste último iniciou uma marcha à ré com o objetivo de provocar uma colisão que "teria provocado uma tragédia".

Em comunicado oficial, a argentina alega que primeiramente efetuou um tiro de intimidação, mas o pesqueiro chinês ignorou.Então se iniciou uma nova fuga, quando o navio argentino atirou na parte da frente, provocando a entrada de água no pesqueiro, que começou a afundar.

A China é uma parceira estratégica da Argentina e o maior comprador de seus produtos agrícolas.

Veja o vídeo (clicando aqui)

Marcadores: ,

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.