Por Cezar S D S Scholze

Falar de DEUS algumas vezes e de vez em quando pode parecer bonito, mas que DEUS é este que estes conservadores tanto falam e pronunciam no seu cotidiano?
Existe hoje no Brasil uma inversão de valores estridente, e os chamados conservadores cristãos, estão mais uma vez deturpando o que de fato é ser um cristão.
Na concepção única e exclusiva deles, não importa se você pronuncia palavras torpes e faz apologia à imoralidade e perversão, aliás, tem filósofo passando para seu público, que é lindo ser um idoso underground que pronuncia palavrões e este ainda se auto intitula cristão.

Do que adianta dominar o português e viver fazendo apologia à imoralidade e perversão? São coisas que todos os que seguem Olavo de Carvalho deveriam se perguntar. Se o cristão é chamado de Cristão por ser imitador de CRISTO, logo vemos que Olavo não é, simplesmente pelo fato de utilizar um dialeto imoral, como também incitar seu público à fazê-lo.
Já imaginaram Cristo proferindo os palavrões e palavras imorais e nojentas que o Olavo profere? Isso no vocabulário de CRISTO não existe, e por isso digo com toda a certeza que, todos os que seguem Olavo de Carvalho e o apoiam, são inimigos da cruz de CRISTO! Até porque, esperar o que de uma criatura que defende com unhas e dentes a inquisição católica que matou e trucidou com requintes de crueldade milhões de inocentes - sendo estes inocentes, cristãos protestantes?

E sucedeu que todo um ano se reuniram naquela igreja, e ensinaram muita gente; e em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos. (Atos 11:26)


O Apóstolos foram chamados de Cristãos pela primeira vez em Antioquia, não porque eles se autoproclamavam cristãos, mas certamente por serem parecidos com Cristo, vestir-se como Cristo se vestia, falar como Cristo falava, ensinar como Cristo ensinava e possuírem o caráter que Cristo os havia ensinado. Estes são os atributos que caracterizam um ''Cristão''. Ser um imitador de CRISTO!

E hoje vemos vários homens que atraem multidões se dizerem conservadores Cristãos, mas não fazem jus ao que dizem ser. Que tipo de conservadores são estes que falam palavras torpes e imorais? Que Cristãos são estes que apoiam quem pratica tais atos e se aliam aos maçons por ''transparecerem conservadorismo''?

Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. (Efésios 4:29)

A escrituras nos ensina que devemos ser imitadores de CRISTO, não só nas palavras, mas também nas ações, agora a pergunta que vos faço é a seguinte; CRISTO proferia palavras torpes da sua boca? CRISTO agia de maneira promíscua, pervertida e imoral?

Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam. (Filipenses 3:17)

Tem uma coisa que aprendi; ''todo mundo manifesta aquilo que o coração está cheio'', e o caso do que citei acima podemos encontrar perversão, imoralidade, ganância, ódio e vaidade, muita vaidade.

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.
Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. (Mateus 7:15-20)


Tomem cuidado com estes pseudos conservadores que dizem ser participantes das coisas boas, mas que na verdade são desordeiros e desobedientes da palavra de DEUS.

Para fechar este artigo - que poderá ter continuidade -, deixo uma passagem para aqueles ''evangélicos'' que seguem freneticamente tais;

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.
(Salmos 1:1-6)


O CORREIO DE DEUS

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.