O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    05 maio 2016

    Marco Feliciano e a sua mais nova heresia - Por Renato Vargens


    Por Renato Vargens

    O pastor Marco Feliciano publicou no Facebook (aqui) que para criar o homem Deus usou:
    "Espírito, como o dos anjos; alma, como dos animais irracionais; corpo (terra), como dos animais irracionais."
    Pois é, sinceramente eu fico abismado com a capacidade de alguns pastores inventarem doutrinas.

    Sem a menor sombra de dúvidas, Marcos Feliciano além de ferir todas as regras exegéticas extrapolou o bem senso afirmando aquilo que as Escrituras jamais afirmaram.

    Ora, o homem foi criado por Deus. E como todos nós sabemos, o ser humano não é produto do acaso nem tampouco o resultado final de uma evolução de milhões de anos. Não procedemos de uma ameba nem dos macacos, mas de Deus. Ademais as Escrituras afirmam categoricamente que Deus formou o homem do pó da terra soprando-lhe nas narinas o fôlego de vida, passando portanto a ser alma vivente". 

    E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. (Gênesis 2:7)

    A Bíblia é bem clara em afirmar que o homem foi feito desta forma e não por aquilo que Marcos Feliciano ensinou. Alias, não é de hoje que Feliciano vem ensinando bobagens em suas palestras e pregações.

    Isto posto concluo que não existe base bíblica e teológica para acreditar no ensino deste senhor, o qual é espúrio e afronta as verdades contidas na inerrante Palavra de Deus.

    Pense nisso!

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença