Para além da França, que anda tentando reunir mais de 20 países para no início de Junho realizar uma conferência para que se consiga a paz entre palestinos e israelenses, é agora o EGITO o novo país a tentar um acordo entre árabes e judeus. A proposta veio do próprio presidente al-Sisi, que convidou ambas as partes a se fazerem representar nas conversações a realizar na capital egípcia, o Cairo.

Ao contrário da França, o presidente egípcio tem andado a trabalhar atrás dos bastidores para tentar organizar uma cúpula entre o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanayhu, o presidente da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas e o próprio presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi, que servirá de intermediário nesse encontro a realizar no Cairo.

Segundo al-Sisi, "Existe uma oportunidade real para a paz, mesmo que a curto prazo não exista uma base sólida devido às atuais condições na região."

Não se sabe ao certo se ambas as partes envolvidas aceitarão o convite para a cúpula. Uma coisa é certa: sendo promovida por um árabe, torna-se conveniente para os palestinos. Ao mesmo tempo, e por outro lado, Netanyahu tem andado a dizer que está disponível para se encontrar com Abbas em qualquer altura, pelo que agora tem que comprovar a seriedade destas afirmações...

Fonte: Shalom, Israel e Últimos Acontecimentos

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.