A presidente Dilma Rousseff deverá tomar uma atitude em relação ao processo de impeachment que ela mesma e seu partido, o PT, definem como um golpe de Estado. De acordo com informações do jornal O Globo desta segunda-feira (2), ela irá renunciar ao cargo e convocar novas eleições gerais.

Segundo a publicação, a presidente irá enviar ao Congresso uma PEC (proposta de emenda constitucional) para que o processo seja realizado ainda neste ano.

No aguardo da conclusão a respeito do processo de afastamento de Dilma, o vice Michel Temer (PMDB) teria sido informado de que um pronunciamento nas redes de TV e rádio nacionais informaria à população sobre a renúncia e ainda solicitaria que o peemedebista fizesse o mesmo. A propaganda seria veiculada na próxima sexta (6).

Recentemente, a oposição já mostrou-se contrária à ideia de novas eleições. Segundo eles, não há respaldo para um novo pleito na Constituição com base somente na renúncia da presidente do cargo.

Ainda nesta segunda, a Comissão Especial que analisa o processo de impeachment – que agora passa pelo Senado – irá ouvir mais três envolvidos, desta vez indicados pelos oposicionistas: o procurador do Tribunal de Contas da União, Júlio Marcelo de Oliveira, o juiz José Maurício Conti e o jurista Fábio Medina Osório.

Foto: Paulo Pinto/Agência PT

Fonte: Yahoo

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.