As forças russas na Síria, dispararam pelo menos duas vezes contra um avião militar israelense, revelou nesta sexta-feira o diário israelita Yedioth Ahronoth. 

Segundo relatos, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu falou sobre o assunto com o presidente russo, Vladimir Putin, durante sua visita a Moscou (capital da Rússia), realizada na quinta-feira. Em resposta, o presidente russo, em uma aparente alusão à situação na Síria, disse que não havia razões compreensíveis para estas situações complexas, como há uma situação complicada no Oriente Médio. 
O diário Yedioth Ahronoth, disse que esta questão foi levantada pela primeira vez durante a visita do presidente Reuven Rivlin em Tel Aviv.  Moscovo (em março), no entanto, continuou a ignorar o que aconteceu e Putin disse. Ao mesmo tempo, tem sido relatado que o comandante da força aérea israelense, Amir Eshel, deve se reunir com o general russo ministro da Defesa, Sergei Shoigu e com o exército russo para resolver os incidentes. 
A Rússia lançou uma campanha de bombardeios contra alvos do grupo terrorista EI (Daesh), na Síria, na sequência de um pedido de ajuda militar do presidente sírio, Bashar al-Assad. 
O envolvimento do regime israelense no conflito sírio não é nada novo, haja visto que Netanyahu reconheceu que a força aérea israelense, já havia lançado em anos recentes dezenas de ataques aéreos no Iraque.

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.