O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    06 abril 2016

    I.C.A.R e suas mentiras: Igreja exibe suposta túnica usada por Cristo antes da crucificação


    A peça foi restaurada por uma das especialistas em antiguidades responsáveis pela restauração das peças do museu do Louvre

    A basílica Saint-Denys de Argenteuil, nos arredores de Paris, está exibindo uma túnica que supostamente foi usada por Jesus Cristo antes de ser crucificado.

    A peça foi recentemente restaurada na França e agora tem atraído milhares de visitantes que desejam ver de perto uma das maiores relíquias do cristianismo, ao lado do sudário de Oviedo e do lençol de Turim.

    O reparo realizado recosturou a peça original em um tecido mais escuro e mais grosso. “Constatamos que, com um fundo mais escuro, os buracos da roupa ficam menos visíveis. Dessa maneira, foi possível dar maior coerência, em termos visuais, à túnica”, afirma a restauradora de antiguidades Claire Beugnot.

    Chamada pela Igreja Católica de a Santa Túnica, o objeto pertence a França há 1,2 mil anos. Segundo a história, a peça foi dada de presente ao rei francês Carlos Magno pela imperatriz Irene de Constantinopla (atual Istambul, na Turquia). O rei então doou a túnica ao clero de Argenteuil.

    A tradição da igreja da França é mostrar a túnica a cada 50 anos, a última vez que ela foi exibida foi em 1984 e só seria exposta novamente em 2034, mas por conta do restauro a igreja resolveu antecipar o evento. Com informações G1

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença