domingo, 10 de abril de 2016

Atualizado: Forte terremoto atinge sul da Ásia e sacode prédios e mata seis paquistaneses



Por Paul Tait

CABUL (Reuters) - Um terremoto de magnitude 6,6 atingiu o sul da Ásia neste domingo, chacoalhando prédios no Paquistão, Afeganistão e Índia, disseram testemunhas e o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).

Várias pessoas ficaram feridas em pelo menos uma cidade do Paquistão.

O USGS informou que o terremoto teve epicentro cerca de 40 km a oeste de Ashkasham, no remoto nordeste do Afeganistão, perto da fronteira com o Tajiquistão e da província de Chitral, no noroeste do Paquistão, a uma profundidade de 210 quilômetros.

Moradores saíram de suas casas em Cabul e Islamabad no momento do tremor, com os prédios balançando por mais de um minuto em ambas as capitais. Relatos semelhantes foram feitos no norte e centro do Paquistão.

Uma testemunha da Reuters em Chitral disse que o tremor foi forte, mas não havia grandes danos visíveis.

Segundo a AFP 

Ao menos seis paquistaneses morreram no terremoto de 6,6 graus que abalou no domingo vários países do sul da Ásia, informaram as autoridades nesta segunda-feira (11).

Cinco pessoas morreram nas áreas remotas de Khyber Pakhtunkhwa, noroeste do Paquistão, onde 20 casas foram destruídas, informou a Autoridade de Gestão de Catástrofes Naturais.

Um homem morreu na região montanhosa de Gilgit-Baltistan, no norte, em um deslizamento de terra na cidade de Chilas.

O epicentro do terremoto foi localizado 282 km ao nordeste de Cabul.

Também foi sentido em Islamabad, capital do Paquistão, e na Índia, assim como no Tadjiquistão.
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.