Últimas Notícias

Últimas notícias

Dissimulada, Marina tenta se apresentar como única opção para o Brasil


Com o habitual estilo dissimulado e tortuoso, a ex-presidenciável, ex-petista e ex-seringueira, Marina Silva, da Rede Sustentabilidade lança hoje (5), a campanha “Nem Dilma, Nem Temer, Nova Eleição é a Solução”.

O ato que, na verdade quer dizer: “Marina é a solução”, será realizado no Hotel Nacional, em Brasília, a partir das 12h, pregará a realização de novas votações como solução para o impasse da crise política do país.

Marina, que desde que apareceu alguns pontos a frente de Aécio Neves e Lula na última pesquisa Datafolha, já se considera virtualmente eleita, aumentou muito a arrogância com que se dirige a auxiliares, na intimidade. Segundo se diz, a imagem de humildade de uma madre Teresa de Calcutá exibida por Marina é só para o consumo público. Na intimidade a conversa é outra. (Fonte: Papo Tv)

Nossa opinião é simples e rápida

Marina repete a ladainha de todos que não suportam os mandamentos de Deus: só Deus julga. Mentira! Devemos julgar o pecado com justiça (Joao 7:24) e temos obrigação de expor o erro (Efesios 5:11). Será que ela lê a Bíblia?

A Marina implantou quando ministra de Lula a Agenda 21 da ONU no Brasil. Um plano marxista de controle total que levará o país para a nova ordem mundial e eventualmente para o governo do Anticristo. Nenhum cristão pode sequer pensar em votar nessa mulher.

Por Marcos Dutra

Nenhum comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados.
Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico.

SITE O CORREIO DE DEUS

Curta no facebook

fb/https://www.facebook.com/OCORREIODEDEUSOFICIAL

Diversas

randomposts

Lula deve ser preso? Sim ou não?

Quem será seu presidente em 2018?

Comentários Recentes

recentcomment

Parceiros