sábado, 5 de março de 2016

Colômbia contabiliza mais de 47.000 casos de zika; 8.890 em grávidas


Desde o início da fase epidêmica, foram registrados 39.924 casos registrados por exame clínico, 2.090 confirmados em laboratório e 5.757 casos suspeitos


AFP

A Colômbia reporta 47.771 casos de pessoas infectadas pelo zika vírus, 8.890 dos quais em mulheres grávidas, informou neste sábado o Instituto Nacional de Saúde. Desde o início da fase epidêmica, foram registrados 39.924 casos registrados por exame clínico, 2.090 confirmados em laboratório e 5.757 casos suspeitos, segundo o boletim epidemiológico mais recente.

Embora em geral os sintomas do zika sejam leves - febre baixa, dor de cabeça e nas articulações e machas na pele - acredita-se que as mulheres grávidas podem ter bebês com microcefalia, uma doença congênita irreversível que provoca danos irreparáveis no desenvolvimento motor e cognitivo das crianças.

Na última semana, foram notificados 5.065 casos novos, 1.237 em grávidas. A presença do vírus se mantém em 282 municípios do país, e a maioria dos afetados são mulheres (67,4%), com maior incidência em pessoas de 25 a 29 anos (14,1%).

Na Colômbia, onde o ministério da Saúde vinculou o zika com três mortes de doentes de Guillain-Barré (um transtorno neurológico), há a previsão de mais de 600.000 infectados pelo vírus neste ano e quinhentos casos de microcefalia caso se repita a situação vivida pelo Brasil, o país mais afetado, com mais de um milhão e meio de casos.

O vírus se expandirá por todo o continente americano, exceto Canadá e Chile, advertiu a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Fonte: O tempo
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.