A fauna particularmente necessária para o desenvolvimento de uma pequena planta será substituída por pequenos veículos de titânio e plástico, capazes de voar de flor em flor e distribuir o pólen das flores.

Monsanto, a multinacional dos EUA, decidiu criar abelhas robô para propagar OGM. Este projecto irá substituir a fauna associada com a agricultura, exterminada pelos pesticidas da empresa.

Este plano da Monsanto reflecte a toxicidade marcante de pesticidas utilizados nos seus campos, que desde meados da década de 1990 levou a um declínio geral no bem-estar da população e da biodiversidade, com especial impacto nas abelhas .

Na versão robotizada da Monsanto, esta fauna particularmente necessária para o desenvolvimento de uma pequena planta será substituída por pequenos veículos de titânio e plástico, capazes de voar de flor em flor e distribuir o pólen das flores.

Além disso, numa versão ainda mais sofisticada, existirão colmeias inteiras cuidadosamente programadas através do algoritmo correcto, para polinizar campos específicos.

Diz-se que estas abelhas robô também podem ser usadas para fins militares e para o monitoramento da população, como potenciais propagadores de neurotoxinas.

Em Setembro de 2011, a Monsanto comprou a Beeologics, líder internacional dedicado à protecção das abelhas e das causas da sua morte.

A Monsanto é uma das multinacionais que abrange o mercado de alimentos, utilizando uma série de sementes transgénicas nos seus campos e abrange também o mercado global de pesticidas.

Veja o vídeo;



Esta transnacional também tem sido criticada por limitar a variedade de sementes no mercado, infelizmente, estes exemplos não se comparam a outras acções e criações que a empresa tem estado envolvida.

A Monsanto esteve envolvida na criação da primeira bomba nuclear na Segunda Guerra Mundial e operou uma central nuclear na década de oitenta para o governo dos EUA.

Em 1944, a Monsanto começou iniciou a criação do DDT, um pesticida que foi proibido na Hungria, depois de 1968, na Noruega e na Suécia, em 1970, EUA em 1972. Durante a Convenção de Estocolmo, em 2004, foi proibido em geral, pois acumula-se no tecido adiposo e no leite e pode causar danos irreparáveis ​​nos rins e no fígado.

Durante a Guerra do Vietname, a Monsanto foi uma das sete empresas que tiveram o “Agente Laranja do Governo Americano” (embora a fórmula era cem vezes mais forte do que o outro), como parte do seu programa de guerra química.

O executivo vietnamita acredita que, devido ao Agente Laranja, morreram 400 000 pessoas e nos anos seguintes meio milhão de bebés nasceram com defeitos.

Fonte: http://www.telesurtv.net
Marcadores: ,

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.