sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

A instituição Católica Romana que foi aliada ao nazismo e que sempre foi proclamadora do anti-semitismo; culpa Israel pelos atos terroristas dos palestinos


A instituição Prostituta Católica Romana foi aliada ao nazismo, é hoje e sempre foi proclamadora do anti-semitismo que atribui culpa à Israel pelos atos terroristas dos palestinos.

De acordo com a falsa acusação, o Estado judeu teria criado desespero e frustração nos palestinos, os induzindo a realizar atos de terrorismo.
Um grupo dos mais altos clérigos católicos, liderados pelo patriarca latino de Jerusalém, Fouad Twal, responsabilizou Israel pela recente onda de violência palestina nesta quinta-feira (18). De acordo com a acusação, o Estado judeu teria criado desespero e frustração nos palestinos, os induzindo a realizar atos de terrorismo.

O clero católico divulgou sua posição em um comunicado na Comissão de Justiça e Paz da Assembleia dos Ordinários Católicos, que envolveu a participação de clérigos de diferentes ritos católicos em Israel, a Autoridade Palestina, a Jordânia e Chipre.

A declaração afirma que a situação atual dos palestinos é "desumana". O grupo ainda indica que o cerco de Gaza, as inspeções militares, as demolições de casas e o comportamento arbitrário de soldados israelenses, incentivaram os últimos cinco meses de ataques terroristas palestinos contra civis e oficiais israelenses.

De acordo com o patriarca católico, a "judaização" de Jerusalém também foi um fator de estímulo à violência palestina.

Por outro lado, os clérigos católicos não mencionaram o incentivo à violência que existe dentro da sociedade palestina, embora o documento tenha dito que "os israelenses precisam de segurança e tranquilidade".

Dirigindo-se aos líderes israelenses, a Comissão disse: "Há espaço suficiente na terra para todos nós. Todos têm a mesma dignidade e igualdade, sem ocupação e sem discriminação. Dois povos que viverão juntos e se amarão, de acordo com a maneira que escolherem. Eles serão capazes de amar uns aos outros e promover a paz juntos." Promover a paz?

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores de Israel, Emanuel Nachshon, criticou fortemente a declaração do clero católico, dizendo que o endereço correto da violência eram os palestinos.

"É uma grande pena que o clero da Instituição romana esteja acusando a vítima, em vez de o agressor", disse Nachshon ao The Jerusalem Post. "Israel está lidando com uma onda sem precedentes de violência por parte dos palestinos, uma onda que reflete a recusa palestina em conduzir as negociações. Teria sido melhor para o clero voltar sua mensagem para os palestinos e implorar que eles voltem à mesa de negociação".

O vice-ministro da Defesa, Eli Ben-Dahan disse que as alegações feitas pelo patriarca não foram fundadas na realidade. "Durante a história dos últimos 150 anos, tem sido provado que os árabes não precisam de desculpas para cometer violência contra os judeus.”

"Com todo o respeito ao patriarca latino, ele não deve simplesmente repetir a propaganda palestina", acrescentou com toda razão.

Fonte: Guia-me

O CORREIO DE DEUS: Infelizmente tem quem acredite nesse papo católico romano! Uma instituição política religiosa que sempre destruiu e pregou a morte de cristãos inocentes, os torturando das maneiras mais cruéis e torpes possíveis! 
Que moral tem estes fariseus mentirosos de pregar contra os Judeus? Para quem conhece de história, sabe que o catolicismo romano foi aliado ao nazismo, e quem é aliado ao nazismo possui ideologia nazista, ou seja, odeia o Estado de Israel! Se quiser conferir a prova, basta assistir o vídeo à seguir;



Após assistir este vídeo, você continuará acreditando nesse proselitismo anti-semita católico romano?

Veja as imagens (clique para ampliar);

















Por Cezar S D S Scholze
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Um comentário:

  1. Eu penso que tudo que deveríamos saber sobre a igreja romana já está na Bíblia, sobretudo Apocalipse! Mas, embora tentem deturpar a História ela também (a História) nos apresenta os frutos desta árvore/igreja: idolatria, antissemitismo, paganismo, etc.
    Também acredito que os fatos atuais destacados em sites, tvs, jornais, revistas são evidências que Cristo está voltando...
    Ficamos revoltados com muita coisa... Mas, é necessário que seja assim... O Senhor já deixou isto registrado em sua Palavra... Ele tem o controle de tudo. Se ele disse que a aliança com Israel é eterna assim é! Infelizmente, muitos usam o próprio cristianismo para semear mentiras, mas as ovelhas reconhecem a voz do pastor... Se muitos estão dão ouvido ao engano é porque são bodes! Precisamos vigiar... Em todo tempo!

    ResponderExcluir

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.