terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Enquete sobre o Dízimo: O Dízimo para os cristãos é uma ordenança?


O site O CORREIO DE DEUS realizou com intuito de saber a visão dos nossos leitores a respeito do ''famoso Dízimo''. Não sei se os senhores viram, mas a votação alcançou um grande público onde se totalizaram 542 votos.
Seguindo os dados da votação vemos que 38% dos que votaram, acreditam que o Dízimo é uma ordenança para o povo cristão que vive no tempo da graça, já 21% acredita que não é uma ordenança, 43% acredita que devemos ofertar voluntariamente e 1% não souberam opinar.

A pergunta é; O Dízimo para os cristãos é uma ordenança?

Primeiro quero esclarecer uma coisa! O que importa é o que dizem as escrituras e não o que eu penso pessoalmente a respeito deste tema. Então vamos ao que dizem as escrituras?

Se eu não Dizimar serei salvo?

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.Não vem das obras, para que ninguém se glorie;
(Efésios 2:8,9)

A salvação não é pelas obras, ou seja, não é a obra e o ato de Dizimar que irá te salvar! 
O ato de dizimar, foi uma ordenança entregue aos Judeus antes da vinda de CRISTO, ou seja, antes do período da graça. 

Existe ordenança do Dízimo hoje? 

Portanto, lembrai-vos de que vós noutro tempo éreis gentios na carne, e chamados incircuncisão pelos que na carne se chamam circuncisão feita pela mão dos homens;
Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo.
Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.
Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, (Efésios 2:11-14)

Hoje não há mais separação entre ''os Judeus'' e os ''Gentios'', haja visto que tanto Judeus quanto gentios necessitam de JESUS para serem salvos. A parede de separação foi derrubada e a salvação nos é dada através de um ''Ser'' e este ''Ser'' é CRISTO! Não há privilégios aos Judeus. Toda a terra necessita de arrepender-se dos seus pecados e confessar à JESUS CRISTO como único e suficiente salvador.

Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz,
E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades. (Efésios 2:15,16)

JESUS CRISTO, na sua carne ''DESFEZ'' a inimizade (isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças)... O Dízimo era uma lei consistida em ordenança, por tanto na cruz foi desfeita para que os ''gentios'' através da graça alcançassem a salvação. Ora, DEUS ordenou aos gentios para que dizimassem? Certamente que não!

E, vindo, ele evangelizou a paz, a vós que estáveis longe, e aos que estavam perto;
Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito.
Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus;
Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;
No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor. (Efésios 2:17-21)

JESUS é o centro e o fundamento da igreja e da salvação! Sem CRISTO não há possibilidade de acesso à salvação!

Posso afirmar que o Dízimo não é e nunca foi uma ''ordenança'' para a igreja de JESUS CRISTO, pois não encontramos nenhum relato Bíblico e histórico de que o povo cristão primitivo era obrigado a Dizimar.  
Sabem o motivo para não conter nenhuma passagem que mostra o povo CRISTÃO dizimando como sendo ordenança? Por que as leis que consistiam em ordenanças foram desfeitas por CRISTO na cruz do calvário inclusive a lei do dízimo. 

Podemos Dizimar?  Não, pois o Dízimo como era uma ordenança judaica, era destinado aos Levitas da descendência de Levi. Então mesmo se existisse hoje a lei consistida em ordenança que foi o Dízimo, ele teria que ser destinado aos Levitas da tribo de Levi e não a qualquer homem... 

Você pode dar 10% ou 1% do seu salário ao pastor da sua denominação, mas certamente esse valor será uma oferta voluntária. Por tanto, não devemos contribuir por vanglória ou obrigação, mas sim por amor e com alegria para o crescimento da obra... Você ofertando ou não, isso não irá interferir de maneira nenhuma na sua salvação, pois não é pelas obras que você será salvo, você é salvo por meio da fé e isso não vem de nós, mas é um dom de DEUS e por intermédio dessa fé que é um dom ministrado PELO ESPÍRITO SANTO DE DEUS é praticamos boas obras. 

Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. (2 Coríntios 9:7)



Para fechar este comentário, venho parabenizar os 43% que votaram convictos de que podemos ofertar voluntariamente e aos 21% que votaram contra a ordenança do Dízimo. Aos demais irmãos, peço que meditem nestas palavras e estamos abertos ao diálogo.

O Dízimo não é uma ordenança para a igreja de CRISTO.

Por Cezar S D S Scholze
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Um comentário:

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.