O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    22 janeiro 2016

    A semelhança: Denominação evangélica e tráfico de drogas



    Por Cezar S D S Scholze

    Noticiamos um fato bem lamentável e que tem se tornado corriqueiro no meio evangélico que é a ''disputa por territórios".
    O mais lamentável nisso tudo é que usam o nome de DEUS em vão, profanam a santidade DO SENHOR. O segundo fato lamentável é que além de profanarem o nome de DEUS, ludibriam as pessoas lhes prometendo o que o evangelho não prometeu e assim, ocasionam não só a desgraça alheia, mas também acabam fazendo para si verdadeiros negócios.
    Um Cristão verdadeiro sente-se envergonhado com essa patifaria que envolve o nome de CRISTO em escândalos. Quero esclarecer aqui que quem faz tal coisa de maneira nenhuma se enquadra aos parâmetros do termo ''ser corpo de CRISTO''. Matar seu semelhante por causa de território ou quantidade de membros? Qual é a diferença entre o tráfico de drogas e as denominações? O tráfico instiga as pessoas a sempre irem buscar mais, e as denominações instigam o povo na mentira para eles sempre irem atrás da mentira lhes dando dinheiro, ou seja, o povo compra a mentira para se satisfazer. Os traficantes se matam por causa de território e quantidade de compradores viciados, assim as denominações estão seguindo o mesmo mecanismo de ''negócio''... Isso ficará assim?

    E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
    E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
    E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.
    Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo; (2 Pedro 2:1-4)


    Acorda igreja! A igreja não são os prédios mas sim vocês. Não estou dizendo que todas são assim, ou que seja proibido se reunir em prédios! Estou dizendo que a igreja (pessoas) tem que reagir contra estes mercadores da fé.,. Libertem-se dessa escravidão, dessa servidão escravocrata!
    Qual a diferença de muitas denominações nos dias de hoje, do macabro mundo do tráfico? Nenhuma! Eles vendem o mal e matam inocentes a troco de dinheiro. Vendem o que lhes é ilícito vender e destroem famílias lhes oferecendo a maldição! Me perguntarão; como saberemos quem é falso profeta? Primeiro vocês terão que ler e meditar nas escrituras, pois é através delas que se obtêm entendimento e conhecimento, meditem nesta verdade;

    Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? (Mateus 7:16)

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença