O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    29 dezembro 2015

    "Apóstolo" que prega teologia da prosperidade faz da Igreja e da fé das pessoas um negócio milionário



    Numa incansável cruzada por arrecadação, o autointitulado "apóstolo" Agenor Duque, da Igreja Plenitude do Trono de Deus, pede à plateia que raspe a carteira e que doe até o décimo terceiro salário... enquanto anda de Porsche e voa de jatinho.

    Com uma forte vocação teatral e adepto da prática de prometer o impossível, Duque abocanha cada vez mais fiéis com pouca instrução da Palavra de Deus...  geralmente pessoas desesperadas que vão na igreja em busca de bênçãos, ao invés de serem ensinados a se arrepender dos pecados, bem como buscar e adorar à Deus... que deveria ser o princípio de qualquer evangelho que seja pregado.

    “Deus me revelou que Marina será a próxima presidente”, afirmou ano passado o "apóstolo" que "converteu" a candidata... demonstrando que foi meramente uma frase de efeito, sem nenhuma inspiração do Deus vivo.... pois Deus não é mentiroso nem humano para se enganar... quando vem de Deus, a Palavra TEM QUE SE CUMPRIR... ou não veio de Deus.


    Além das usuais curas de doenças e vícios, Duque promete apagar o passado da mente dos fiéis.

    Em dois anos, a Igreja Plenitude do Trono de Deus saltou de quatro para 18 horas no canal de televisão RBI. Só entre outubro e novembro, passou de quatro para mais de nove na Rede Brasil TV.

    O traje de saco nos cultos é uma espécie de abadá para uma encenação de pobreza. Há tempos Duque deixou a dureza para trás. 


    Como os adeptos do funk ostentação, fora do palco ele se enfeita com cordões, anéis e relógios de ouro, bonés e tênis de marcas como Nike e Hugo Boss e adora exibir-se no Instagram. Dirige um Porsche e um BMW. 

    Sempre que viaja, Duque evita apertar o corpanzil nas poltronas da aviação comercial; prefere o conforto de um bimotor Cessna Citation. De acordo com os registros da Agência Nacional de Aviação Civil, a aeronave pertence à Cimeeli Comércio e Indústria, uma empresa sem rastro. O telefone atribuído à Cimeeli é residencial e seus sócios não foram localizados.

    Em um dos episódios mais plásticos, no ano passado, Duque estava no altar quando um dos obreiros avisou sobre um homem que, sem abrir a boca, se apresentava como pai de santo e o desafiava. Rodando uma jaqueta ao redor do corpo, o homem subiu ao palco e foi ao encontro de Duque. Como se estivesse num MMA espiritual, Duque encostou a cabeça no adversário, deu dois gritos e – shazam! – o sujeito desmilinguiu-se. A plateia foi ao delírio. “O público gosta”, diz Paulo Romeiro, doutor em ciências da religião. “A igreja neopentecostal brasileira é cega, infantilizada, cheia de picaretas e cambalacheiros.”

    Tanto cultos quanto programas no rádio e na TV da Igreja Plenitude do Trono de Deus têm um roteiro simples, que converge para a arrecadação. A pregação da Bíblia é quase inexistente. Invariavelmente, o pastor apresenta um “milagre” e, na sequência, pede dinheiro ostensivamente.


    A adivinhação no púlpito, diz um ex-obreiro da Igreja Plenitude do Trono de Deus, não passa de uma trapaça. Na chegada à igreja, os fiéis com um pedido especial preenchem uma ficha com sua história – depois colocada no altar. Enquanto lê disfarçadamente o relato, o pastor repete tudo ao microfone como se estivesse tendo uma epifania. Ao reconhecer sua história, o fiel emocionado se dirige ao altar e confirma o milagre. “São verdadeiras empresas da fé”, afirma o teólogo João Flávio Martinez, presidente do Centro Apologético Cristão de Pesquisas. Os pastores que arrecadam mais são recompensados e ascendem. “Eles recebem até bônus”, afirma um ex-obreiro da Plenitude do Trono de Deus. “Eles dizem que você tem de entrar na mente da pessoa, convencê-la a aceitar o que você diz”, afirma.

    Em sua incansável cruzada por arrecadação, a Igreja Plenitude do Trono de Deus promove campanhas temáticas com objetivos específicos. Uma do Vale de Elah, traz um boneco recente, gigante que procura reproduzir a figura do rei David, vestido como um guerreiro, com escudo e espada no altar da igreja. Já fizeram até unção de "cigarro abençoado" para que as pessoas após fumar sejam libertas do vício.... agora vejam se isso tem amparo bíblico!!!


    O ritmo de inovação da Plenitude do Trono de Deus é incessante. Recentemente, Duque passou a pedir o 13º salário dos fiéis – e até o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Para os próximos meses, planeja a construção de um novo templo, para o qual criou uma campanha específica, cuja contribuição começa em R$ 1.000.

    Opinião

    O que mais me deixa triste é ver pessoas "caindo" nesse tipo de doutrina humana que EM NADA é baseada no exemplo de Jesus e seus verdadeiros apóstolos e discípulos.

    A Bíblia nos alerta em vários versículos a respeito desse tipo de heresia:

    "E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
    E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
    E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita."
    2 Pedro 2:1-3

    Não se enganem!!!!

    O Evangelho é o poder de Deus para salvar, libertar e converter o pecador dos seus maus caminhos.
    Todo o sacrifício necessário foi feito e consumado por Jesus Cristo na Cruz do calvário... o sangue de Jesus tem poder e nos basta para que alcancemos a vida eterna.

    Temos que procurar imitar e seguir os passos de Cristo... que repartia com os pobres e mesmo sendo um grande líder e pregador do evangelho, teve uma vida humilde - longe da ostentação - e nunca extorquiu ofertas, nem dízimos... nem sacrifícios financeiros das pessoas que o seguiam sedentas pela Palavra.

    "Sede meus imitadores, como também sou de Cristo."
    1 Coríntios 11:1

    Fujam desse tipo de doutrina humana e maligna, que usa o nome de Deus para fins financeiros, que deturpa a Palavra Santa de Deus para tirar dinheiro dos pobres, pois esse pessoal dará conta de tudo isso à Deus!

    Paz

    Por Leonardo Souza

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença