segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Facebook terá licença parental de 120 dias para todos os funcionários inclusive para pares gays


Pais poderão se afastar do trabalho por quatro meses em qualquer momento do primeiro ano do bebê; benefício inclui casais do mesmo sexo

O Facebook anunciou na quinta-feira (26) que vai estender, a partir de primeiro de janeiro de 2016, sua política de licença após ter um filho a funcionários de todos os países em que opera.
Até o momento, o afastamento remunerado de quatro meses para homens e mulheres que tinham ou adotavam filhos era concedido apenas nos Estados Unidos. O benefício pode ser utilizado imediatamente após o parto ou a qualquer momento durante o primeiro ano de vida do bebê. A medida será aplicada independentemente das exigências legais de cada país, e vai incluir casais do mesmo sexo.
Segundo o comunicado, todos os novos pais em todos os escritórios, incluindo aqueles que tiveram um filho ou adotaram um bebê em 2015 e eram funcionários do Facebook no momento, serão elegíveis para esse benefício.
O anúncio ocorre quatro dias depois de Mark Zuckerberg, co-fundador e executivo-chefe do Facebook, divulgar em sua página na rede social que deve tirar dois meses de licença após o nascimento de sua primeira filha com sua mulher, Priscilla Chan.
'Estamos comprometidos em proporcionar aos nossos funcionários os recursos que precisam para se sentirem apoiados, tanto no trabalho, quanto em casa, e acreditamos que o aumento da quantidade de tempo de licença remunerada é a coisa certa a fazer. Os novos pais, incluindo também os homens, devem ser capazes de criar elos com seus novos filhos desde os primeiros dias de sua existência', afirmou em comunicado Sheryl Sandberg, diretora de operações do Facebook.

Opinião O CORREIO DE DEUS: Você que é nosso leitor tem visto como temos focado nesta questão de imposição da classe simpatizante aos gays de querer impor à sociedade, aceitação devido a esta escolha sexual por parte de determinados grupos de pessoas. Não temos preconceito, pois nosso conceito é formado e defendemos o que dizem as escrituras! O que queremos dizer é que não existe ''casal gay'', haja visto que casal é formado por ''sexo oposto'' ou seja, homem com mulher ou mulher com homem, como preferirem. Fiquem de olho nos termos usados!

Fonte: O tempo
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.