O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    13 outubro 2015

    Papa Francisco vai renunciar em 2016?


    ''O Papa transformou Igreja em monstruosidade que não tem nada a ver com ensinamentos de Jesus Cristo.''

    Na semana passada eu fui para visitar duas das minhas fontes mais confiáveis no Vaticano, um é membro dos Cavaleiros do Santo Sepulcro e a Pontifícia Equestrian Ordem de São Silvestre, o outro, um membro do clero da Secretaria do Vaticano dos Estados, o mais antigo dicastério da Cúria Romana, que é a burocracia de governo papal central da Igreja Católica Romana.
    Em duas reuniões separadas foi discutida a situação atual da Igreja, bem como o Sínodo dos Bispos em curso que terminará no dia 24 de Outubro de 2015.


    As informações que vieram à tona durante essas reuniões foi chocante para dizer no mínimo.

    ''Duas fontes confiáveis separadas dentro do Vaticano afirmaram que o papa Francisco vai renunciar no próximo ano.''

    Isto irá ocorrer durante a sua visita pastoral ao seu povo na Argentina, e os dois países vizinhos como o Chile e Uruguai, no período de tempo que coincide com o bicentenário da Declaração da Independência da Argentina 1816.

    A data foi escolhida com cuidado para evitar interferências, pois o governo argentino deseja realizar este evento, após o período das eleições presidenciais de 2015.

    Tem sido especulado que o Papa poderia potencialmente canonizar José Gabriel Brochero del Rosario durante esta visita a Argentina, sem nunca imaginar que este seja o momento em que o Papa Francisco escolheu com seus companheiros jesuítas para acabar com seu papado.

    Jorge Mario Bergoglio pretende se aposentar na Argentina, não no Vaticano, depois de completar seu serviço como um jesuíta e do Papa que deu andamento à Nova Ordem Mundial.

    Ele tem promovido com sucesso Agenda 2030 (impostos sobre o carbono, etc.), a desagregação dos valores familiares, bem como a santidade da Cruz. Ele apoiou o aumento da imigração mexicana; como faz o catolicismo mais forte nos EUA, a crise dos refugiados Europeia; que é instrumental na destruição do berço da civilização cristã, pronto para ser substituído por Crislam em uma Religião Mundial. Um trabalho bem feito para este fantoche da Nova Ordem Mundial.

    O Papa Francisco advertiu os bispos e cardeais da Igreja Católica, para evitar ser levado por “o hermuneutic de conspiração”, confirmando o crescente temor da Igreja para com a propagação da verdade na era da informação.

    Os segredos obscuros do Vaticano estão sendo expostos mais e mais, e o Papa Francis está ficando nervoso.

    De fato, nos últimos dias do Sínodo, o Papa Francisco foi questionado por influentes bispos conservadores por causa da sua recente visita aos EUA. Aos seus olhos era um completo fracasso que alienou os católicos tradicionais em favor de uma abordagem comunista liberal altamente questionável que, naturalmente, foi criado para cumprir a agenda da Nova Ordem Mundial.

    Em cima de tudo isso, tem havido um movimento sem precedentes, orquestrada pelo átrio gay do Vaticano em parceria aberta com vários ativistas cristãos LGBT a fim de realmente acobertar o Lobby dos Bispos durante o Sínodo, com a agenda de abertura da Igreja para a realidade gay presentes no clero.

    Duas conferências foram organizadas em Roma por vários jesuítas, isto ocorreu na sexta-feira, 2 de outubro, no Angelicum, da Pontifícia Universidade de São Tomás de Aquino, o outro no dia 3 de outubro, no Centro Pellegrini “Santa Teresa Couderc,” em Via Vincenzo Ambrosio com o título, “maneiras de amor.” Tornou-se não só o encontro fundamental para a Rede Global ''arco-íris'' católicos, como também o lugar escolhido para a eventual  “Saída” do papa.

    Foi durante a conferência “Ways of Love” na frente de uma multidão de cerca de 80 pessoas que Dom José Raúl Vera López, de Saltillo, no México, fez um comunicado liberal, sentados ao lado dos jesuítas: Pedro Labrin do Chile, e Pino Piva de Itália. Ele fez a declaração surpreendente: “Os gays são os salvadores da Igreja.”

    Durante o Sínodo dos Bispos sobre a Família, monsenhor Giuseppe Casale, arcebispo de Foggia, declarou à imprensa italiana: “amor Gay não é um pecado e proibi-la é um erro”, também acrescentando: “A homossexualidade agrega valor para a Igreja. “Espere um minuto, não é um pecado de sodomia na Igreja Católica?

    Não é à toa que o Papa Francis vai anunciar sua renúncia ao mundo no ano que vem, por ter transformado a Igreja em uma monstruosidade que não tem nada a ver com os ensinamentos de Jesus Cristo.

    Leo Lyon Zagami é um investigador geopolítico baseado em italiano e autor de nove livros, incluindo o seu mais recente livro Papa Francisco: The Last Papa? que revela o dinheiro, a Maçonaria e ocultismo por trás do declínio da Igreja Católica.

    O CORREIO DE DEUS: A pergunta que eu faço é a seguinte; Será que tudo isso é verdade? Será que o Infowars está informando ou desinformando?

    FONTE: Infowars.com 

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença