terça-feira, 27 de outubro de 2015

Nova espécie de norovírus causa mais de 10 mil infecções por semana no Japão


A doença também é responsável pela maioria dos casos de gastroenterite

 Casos frequentes de infecções provocadas por norovírus estão sendo registrados em todo o Japão desde o início de outubro.
De acordo com o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar Social, uma nova espécie mais resistente do norovírus foi detectada e está provocando mais casos de contaminação este ano devido à falta de imunidade na população.
O vírus, que se manifesta através de sintomas de intoxicação alimentar, costuma aparecer durante o inverno e causar infecções coletivas.
A transmissão ocorre através de alimentos contaminados. A doença também é responsável pela maioria dos casos de gastroenterite (inflamação do trato intestinal).
Nesta terça-feira, o portal Rescue Now divulgou os dados do Instituto Nacional de Doenças Infecciosas, que mostram que, entre a semana do dia 12 e 18 de outubro, o número de pessoas contaminadas pelo norovírus chegou a 10.393 em todo o Japão.
Miyazaki foi a província mais afetada, com 8,83 pacientes por instituição médica. Kumamoto registrou 8,18 pacientes, Oita teve 7,44 pacientes, Kagoshima ficou na média de 7,07 e Tokushima registrou 4,96 casos por instituição médica.
Não houve nenhum óbito registrado até o momento e a doença não costume ser grave. No entanto, no caso de crianças recém-nascidas e de idosos, é possível que os sintomas se agravem e o paciente pode morrer engasgado pelo próprio vômito se não houver cuidado.
No geral, a doença provoca contaminação coletiva em locais como restaurantes, creches, escolas e instituições que cuidam de idosos.
Na segunda-feira, 31 crianças e funcionários de uma instituição infantil em Urayasu (Chiba) tiveram sintomas como vômito e diarreia. Exames mostraram a presença do norovírus em seis pessoas.
Como se prevenir
Devido a maior resistência do vírus e casos frequentes de contaminação, as autoridades de saúde pública no Japão alertaram para a necessidade de maiores cuidados de higiene como forma de prevenção.
Lavar as mãos após utilizar o banheiro, antes de cozinhar e antes de tocar nos alimentos é indispensável para evitar a contaminação. Cozinhar bem os alimentos e evitar comida crua também poderá impedir a proliferação do vírus.

De Alternativa Online
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.