EUA, França, Alemanha e Grã-Bretanha pediram nesta quarta-feira ao comitê de sanções das Nações Unidas que investigue o recente lançamento por parte do Irã de um míssil balístico, o que os quatro países consideram uma violação das resoluções da ONU.
O tema foi objeto de consultas nesta quarta-feira no Conselho de Segurança a pedido dos Estados Unidos, informaram fontes diplomáticas.
O comitê deverá determinar se o Irã violou a resolução 1929 de 2010 das Nações Unidas.
Em uma carta que acompanha o relatório entregue aos membros do comitê, os quatro países denunciam que o disparo constitui uma grave violação do nono parágrafo desta resolução.
O parágrafo citado proíbe Teerã de lançar mísseis balísticos capazes de carregar armas nucleares.
O Irã anunciou em 11 de outubro que testou, com sucesso, um novo míssil chamado Emad, sem precisar seu alcance.
A imposição de novas sanções ao Irã, que chegou em julho a um acordo com as grandes potências para limitar seu programa nuclear civil e renunciar às armas atômicas, parece pouco provável no momento.
Para tal, seria necessário o aval de China e Rússia, que como membros permanentes do Conselho de Segurança têm direito a veto.

AFP
Marcadores: ,

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.