segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Estiagem segue forte entre Minas Gerais e o Nordeste do Brasil


Enquanto boa parte do país voltou a receber precipitação nas últimas semanas, ainda que de maneira bastante irregular e com baixo teor acumulativo, a situação em diversos municípios da metade norte de Minas Gerais e do interior do Nordeste, nada mudou.
Em Barreiras, no oeste da Bahia, por exemplo, a última precipitação com efeito acumulativo, de 41 milímetros registrada na estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), foi em 30 de abril, ou seja, há 165 dias.
O racionamento de água na região persiste, bem como o município reconhecido pelo governo federal com a “situação de emergência” em vigor.
A região de Barreiras é o principal celeiro agrícola da Bahia, onde a cultura de algodão, milho e soja é muito forte, mas devido à ausência por completo de chuva, produtores rurais sequer movimentaram o solo para o plantio da nova safra, que por sinal já está bastante atrasado.
Outra importante região agrícola do Nordeste, a área de Alto Parnaíba, no sul do Maranhão, não recebe chuva acumulativa há 170 dias. Os produtores rurais estão desanimados com a falta de chuva e muitos, sequer arriscaram iniciar os trabalhos na expectativa de retorno da chuva.
No sul do Ceará, área de Juazeiro do Norte, muitos produtores rurais perderam até mesmo as sementes para o plantio da nova safra e animais seguem morrendo a cada dia.
Apesar de irregular, a volta da chuva nos últimos dias, não foi suficiente para iniciar o plantio da safra de verão também em Tocantins. A taxa de umidade no solo segue muito baixa, inferior a 10% na maioria dos municípios, segundo o monitoramento realizado pelo Sistema de Monitoramento Agrometeorológico (Agritempo) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).


(Crédito da imagem: Reprodução/Cptec/Inpe)

(Fonte da informação: De Olho No Tempo Meteorologia)
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.