El Niño agrava vazante do rio Negro em Manaus, AM
Com a irregularidade da precipitação verificada desde a metade oeste até a região de Manaus, no estado do Amazonas, o nível do rio Negro não para de cair com a vazante.
Nesta quarta-feira (28), o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) registrou nível de 15,92 metros na capital. Desde o início do mês, o rio já recuou 7,26 metros, bem mais acelerado que em anos anteriores. Casas flutuantes e barcos ficaram encalhados próximo à ponte São Raimundo.
Mesmo com histórico de chuvas abundantes e acima da média climatológica (1961-1990) no extremo oeste do estado, em anos de El Niño, 2015 vem mostrando que o fenômeno tem mantido bastante irregular a taxa de precipitação onde mais deveria chover, uma vez que nas demais áreas do Amazonas, bem como de toda a Região Norte, tradicionalmente, eventos de El Niño retardam o início da chuva.
Outro rio que vem sofrendo as consequências da vazante acelerada é o Solimões, onde em vários trechos, a Marinha do Brasil proibiu a navegação para evitar acidentes até Coari.



(Crédito da imagem: Edmar Barros/Futura Press/Estadão Conteúdo – Leandro Tapajós)

(Fonte da informação: De Olho No Tempo Meteorologia)

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.