O Seu portal conservador de notícias, Evangelismo e Informação em defesa da fé Cristã

  • Últimas Notícias

    29 setembro 2015

    Texto de um católico em relação às afirmações do ''Papa Francisco''


    Por Dilson Kutscher

    A maioria dos amigos e visitantes do site, certamente, depois desta declaração apóstata de Francisco, espera um extenso artigo meu, mas confesso, que desta vez foi demais para mim. Aquele que se declara verdadeiramente católico, ao ler uma blasfêmia desta, vinda da boca de um "papa"...ora...afinal...que prova maior vocês querem para concluir que este Francisco é um antipapa?

    24.09.2015 - Após chegar à cidade de Nova York, penúltima parada na sua viagem aos Estados Unidos, disse Francisco, numa homilia na Catedral de São Patrício, referindo-se a vida de Jesus:

    "A sua vida, humanamente falando, acabou com um fracasso: o fracasso da cruz". (Fracasso da Cruz?)

    Diz na Sagrada Escritura:

    "Abriu, pois, a boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar o seu nome, o seu tabernáculo e os habitantes do céu". (Apocalipse 13, 6)

    Não acredita que um "papa" diga uma heresia destas? (veja no final desta página)

    O pior cego é aquele que por orgulho não quer enxergar...ou existirá um verdadeiro católico que concorde com...

    "A vida de Jesus acabou com um fracasso...o fracasso da Cruz" (Papa Francisco)

    Diz ainda na Sagrada Escritura:

    "Porque há muitos por aí, de quem repetidas vezes vos tenho falado e agora o digo chorando, que se portam como inimigos da cruz de Cristo". (Filipenses 3, 18)

    Eu, Dilson Kutscher, soldado, servidor e amigo de Sua Majestade Rei Jesus, poderia escrever "mil linhas" sobre está declaração anticristã de Francisco, mas basta dizer, que Jesus na Cruz, de maneira alguma fracassou, foi exatamente ao contrário, foi a Gloriosa Vitória na Cruz, o plano da salvação se Cumpriu.

    O Apóstolo Paulo afirma que sem ressurreição “a nossa fé seria vã”, porém, sem a Cruz ela nem existiria. Pois sem a Cruz não haveria nem salvação nem a aurora da ressurreição. O anúncio de uma ressurreição que não passasse pela Cruz seria vazio. O túmulo está vazio, porque antes alguém esteve lá dentro.
    Sem a Cruz, Nosso Senhor não teria vencido a morte, o inferno, o mundo, o pecado e o medo. Portanto, papa Francisco, a vida de Jesus não acabou com um fracasso...o fracasso da Cruz...mas com uma GRANDE É ETERNA VITÓRIA.

    "A morte foi tragada pela vitória (Isaias 25,8). Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?" (Oséias 13,14) (I Coríntios 15, 55) "Graças, porém, sejam dadas a Deus, que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo!" (I Coríntios 15, 57)

    O Rei Jesus não disse: "Eu fracassei".

    Mas disse: “Eu venci o mundo”. (João 16,33)

    A Cruz não é um patíbulo de fracasso, mas um Trono de Glória. Resplandece a Santa Cruz pela qual o mundo alcança a salvação. Ó Cruz que Vences, Cruz que Reinas, Cruz que Limpas todo o pecado.

    “E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do Homem seja levantado, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3,14-15)

    "Quando eu for levantado da terra, atrairei todos a mim". (João 12, 32)


    "Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna". (João 3, 16)

    "O Pai me ama, porque dou a minha vida para a retomar.
    Ninguém a tira de mim, mas eu a dou de mim mesmo e tenho o poder de a dar, como tenho o poder de a reassumir. Tal é a ordem que recebi de meu Pai". (João 10, 17-18)


    "Porque o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em redenção por muitos." (São Marcos 10, 45)

    O Doutor da Igreja São Boaventura afirmou: “Este é o preço de nossa redenção, saído daquela divina fonte, isto é, do íntimo do Seu Coração, para dar aos Sacramentos da Igreja o poder de conferir a vida da graça e se tornar para aqueles que vivem em Cristo uma fonte de Água Viva que jorra para a vida eterna” (LH, III, p.635)

    São Cirilo, Bispo de Jerusalém, declarou: “A cruz é a coroa da vitória. Trouxe luz para os cegos pela ignorância. Libertou os escravizados pelo pecado. De fato, redimiu toda a humanidade. Portanto, não tenha vergonha da cruz de Cristo, ao contrário, glorificai. Porque não foi meramente um homem que morreu por nós, mas o Filho de Deus, Deus feito homem.

    São Francisco de Sales - Bispo e Doutor da Igreja, disse: “O fogo sagrado do amor de Jesus nutre-se com o lenho da cruz”.

    OBSERVAÇÃO O CORREIO DE DEUS: Mantive o texto original só que com a formatação diferente.

    Sobre

    Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões apologéticas, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Termos de Uso

    Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir os artigos em qualquer formato, desde que informe o(a) autor(a) e a fonte do artigo, bem como as fontes intermediárias, inclusive o Site "O Correio de Deus". Não é permitido a alteração do conteúdo original sem a devida notificação de alteração em cópia extraída deste site e muito menos a utilização para fins comerciais.
    Licença Creative Commons
    Este trabalho está licenciado com uma Licença